Tamanho do texto

Chefe da Fórmula 1 disse que a gerência da carreira do piloto da McLaren é "um desastre"

Recentemente, Bernie Ecclestone, chefe da Fórmula 1 , criticou a XIX Entertainment, empresa que cuida da carreira de Lewis Hamilton. De acordo com o dirigente, o trabalho feito com o britânico é “um desastre” . O piloto da McLaren, no entanto, defendeu seus empresários.

Veja também: Vaga na Williams movimenta o mercado de pilotos

“As coisas que aconteceram são realmente minha culpa. Eles queriam estar aqui em todas as corridas e só demonstraram apoio”, declarou Hamilton, em entrevista ao jornal britânico The Guardian .

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Eu que estou no controle e decidi não tê-los em todas as corridas porque eu queria ficar sozinho em algumas provas. Mas, no futuro, eles estarão comigo em todas as corridas”, completou o piloto britânico da McLaren.

Nesta temporada, após se envolver em algumas polêmicas – principalmente com Felipe Massa -, Lewis Hamilton terminou o Mundial de Pilotos na quinta colocação.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.