Tamanho do texto

Britânico pretende negociar com a equipe após as primeiras corridas da temporada

Depois de 14 anos na McLaren, 2012 marca o fim do vínculo de Lewis Hamilton com a equipe britânica. No entanto, o piloto quer renovar seu contrato o quanto antes e planeja o acerto para o início desta temporada, visando voltar todas suas atenções para as pistas.

Leia também: Ferrari cancela lançamento de novo carro

Hamilton está há cinco anos entre os profissionais da Fórmula 1 e desde os 13 anos tem uma ligação com o time de Woking, na Inglaterra. Foi a McLaren que promoveu o jovem piloto, que se consagrou campeão do Mundial de Pilotos em 2008.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Apesar de pensar no carro, o piloto quer pressa na negociação. "No momento, o foco está todo na preparação para a nova temporada. Mas, provavelmente, após as primeiras corridas, nós vamos tentar resolver isso. E aí focar o trabalho no resto do campeonato".

Depois de uma temporada abaixo do esperado, Hamilton projeta uma volta por cima em 2012, ano em que quer brigar pelo título. Ano passado, o inglês conseguiu apenas três vitórias no campeonato e não ameaçou o domínio de Sebastian Vettel, campeão pela Red Bull, além de ter se envolvido em diversas polêmicas, sobretudo com o brasileiro Felipe Massa. O inglês, inclusive, já chegou a provocar o brasileiro no lançamento do carro da McLaren.

"Quero ganhar todas as corridas. Realmente acho que posso. Temos capacidade para isso. Se o carro estiver em um nível alto de competitividade, então não vejo razão para não acreditar nisso. A única coisa que pode atrapalhar é a sua mente, suas inseguranças e os obstáculos que você eventualmente colocano caminho. A coisa mais importante é colocar isso de lado e superar, e acredito posso fazer isso", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.