Tamanho do texto

Documento tem validade de dois anos e foi celebrado pelo presidente da FIA, Jean Todt

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) confirmou nesta semana que recebeu o reconhecimento provisório do Comitê Olímpico Internacional (COI), em carta assinada pelo presidente da entidade olímpica, Jacques Rogge, em 9 de dezembro de 2011. O documento tem validade de dois anos.

Leia também: Massa afirma que pode bater Alonso e minimiza pressão da Ferrari

Durante este período, a FIA terá que seguir algumas diretrizes, como garantir o desenvolvimento esportivo no mundo, fortalecer regras para a prática do esporte e criar uma Comissão de Atletas, para que o reconhecimento definitivo do COI possa ser dado ao automobilismo.

"A FIA compartilha os valores esportivos olímpicos do COI e quer um melhor entendimento em diversas comunidades em todo o mundo. Com isso em mente, reitera seu compromisso em respeitar a Carta Olímpica, especialmente em relação ao desenvolvimento dos valores e da educação olímpica", afirmou, em nota, a FIA.O presidente da entidade de automobilismo, o francês Jean Todt, comemorou a inclusão provisória da organização no COI e afirmou que encaminhará instruções às 129 federações nacionais sobre futuras ações sobre o tema.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

"Estou orgulhoso de a FIA fazer parte da família olímpica. É a confirmação das credenciais e importância de nosso esporte, bem como dos valores de respeito e amizade que compactuamos com o movimento olímpico", afirmou o ex-chefe da Ferrari.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.