Tamanho do texto

O agora dirigente do Grupo Lotus falou sobre o bom início de temporada da equipe e de seus pilotos

A Lotus Renault conquistou dois terceiros lugares nos dois GPs desta temporada - primeiro com Vitaly Petrov, depois com Nick Heidfeld. Jean Alesi, ex-piloto da F1 e atual embaixador do grupo Lotus, elogiou os resultados da equipe no começo da temporada.

Siga o iG automobilismo no Twitter

AP
Jean Alesi (à direita) conversa com Vitaly Petrov em coletiva de imprensa da Renault na Malásia
“Eles são bons profissionais, indivíduos talentosos e dedicados que vieram juntos para um time fantástico. Durante as sessões de testes, no classificatório e na corrida não havia nada além de foco completo nos boxes. Eu pude ouvir os engenheiros se comunicando com ambos os pilotos e a todo momento em que conversavam era na hora certa com a informação perfeita. A forma que a equipe funciona é infalível”, elogiou.

Alesi também gostou da corrida que os pilotos fizeram na Malásia. “É claro que foi fantástico. Eu fiquei extremamente orgulhoso. Nick fez um trabalho fantástico, mas também foi um resultado importante para o time. Tantas pessoas acreditaram que o resultado na Austrália foi pura sorte ou que a pista era favorável a nós, mas o resultado na Malásia provou o contrário. Temos um carro seriamente rápido e competitivo”, disse Alesi, que não culpou Petrov por seu acidente.

“Vitaly teve um pequeno erro, ele saiu da linha e acertou detritos de borracha dos pneus que o fizeram desviar mais ainda do circuito, o que resultou no acidente. Foi muito difícil para ele, mas pode acontecer com qualquer um. Acho que ano que vem você não verá tantos detritos de pneus na pista da Malásia. Mas o desempenho de Vitaly no classificatório e até a metade do GP foi ótimo, acho que ele ainda pode melhorar muito mais”, finalizou o ex-piloto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.