Tamanho do texto

Alemão afirma que esforço da equipe foi fundamental para que ele alcançasse o título

Mais jovem bicampeão da história da Fórmula 1 , o alemão Sebastian Vettel agradeceu a equipe Red Bull pelo título, conquistado na madrugada deste domingo (9), com um terceiro lugar no Grande Prêmio do Japão . Emocionado com o feito, o piloto correu para abraçar os mecânicos assim que deixou o carro e acabou cercado também por um batalhão de fotógrafos.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

"É difícil saber como começar. Foi um ano longo e nós tivemos uma temporada fantástica e o melhor de tudo é que não acabou ainda", afirmou Vettel. "Temos tantas pessoas aqui na pista e na sede, todo dia fazendo o máximo, lutando duro por pontos e pelo campeonato", completou.

Assim que cruzou a linha de chegada neste domingo, Vettel também demonstrou gratidão aos membros da equipe. Ele recebeu pelo rádio os parabéns pela conquista e respondeu com a voz embargada: "muito obrigado por tudo o que vocês fizeram".

Mesmo mais experiente do que na temporada passada , quando se tornou o piloto mais jovem a conquistar um título da F1, Vettel se mostrou tão emocionado quanto na conquista de 2010. "Eu não poderia ter conseguido tudo isso sozinho. É difícil de encontrar as palavras certas", garantiu.

O título da temporada da Fórmula 1 veio em uma das corridas mais difíceis do ano para o piloto da Red Bull. Largando da pole position, ele ficou com a terceira colocação, seu segundo pior resultado do ano - o alemão obteve ainda nove vitórias, quatro segundos lugares e um quarto neste campeonato.

"Hoje a corrida não foi tão fácil. Não fomos rápidos com os pneus macios como esperávamos. Foi difícil porque perdemos duas posições", disse o alemão, bicampeão mundial aos 24 anos de idade .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.