Tamanho do texto

Australiano corre como titular da equipe Hispania desde o GP da Grã-Bretanha

O australiano Daniel Ricciardo mal chegou à Fórmula 1 e já almeja deixar adversários para trás. Com apenas três corridas completadas - Silverstone , Nurburgring e Hungaroring - o piloto que substitui Narain Karthikeyan na Hispania mira superar os concorrentes da Marussia Virgin, Timo Glock e Jérôme D'Ambrosio, além de seu companheiro de equipe, o italiano Vitantonio Liuzzi.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

No entanto, Ricciardo reconhece que necessita de mais tempo no carro para conquistar seus objetivos. "O alvo é continuar aprendendo. Se eu planejar atingir um melhor resultado pessoal ou ultrapassar Tonio e as Virgins em algumas corridas, seria algo muito forte", declarou.

O australiano terminou em 18º lugar na Hungria, no último fim de semana. Nas outras duas etapas nas quais competiu, ficou em 19º. "Tenho que mirar alto porque é a única coisa que vai me ajudar no futuro. Acho que nas últimas corridas do ano eu posso realmente pensar em buscar isto", acrescentou.

No entanto, a jovem promessa acredita que não será fácil bater o melhor resultado de Liuzzi no ano, uma 13ª colocação em Montreal , em junho. "Acho que o resultado no Canadá foi ótimo, Tonio provou ser um piloto muito capaz e acho que será muito duro de superá-lo. Ficou muito claro para mim que tenho um parceiro de time muito forte".

"Realmente preciso compilar o máximo de informações que preciso para conseguir ser o piloto que eu quero ser para que, esperançosamente, possa conquistar o melhor resultado para a Hispania um dia", concluiu.

Ricciardo, que começou a temporada como piloto de testes da Red Bull, é muito cotado para defender a equipe taurina como titular a partir de 2013, quando Mark Webber deve deixar o time. Nesta quinta-feira (4), Helmut Marko, consultor da Red Bull, disse que é bem possível que a vaga de Webber fique para Ricciardo .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.