Tamanho do texto

Empresária do piloto diz que negocia, além da Lotus Renault, com Red Bull, Ferrari, McLaren e Mercedes

Mesmo tendo contrato com a Renault até 2012, o russo Vitaly Petrov não está acomodado. Sua empresária Oksana Kosaczenko já está trabalhando para arrumar um lugar para o seu cliente a partir de 2013. Em entrevista ao site F1News , ela afirmou que negocia com escuderias do top 5: além da equipe francesa, McLaren, Mercedes, Red Bull e Ferrari.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

"A vida não termina em 2012. Negociações com as cinco principais equipes já estão sendo conduzidas e este é um futuro mais distante. O piloto sempre quer vencer, mas sabemos que ainda está longe do momento em que Vitaly tentará o título. Para mim, seria suficiente se terminasse entre os dez primeiros", comentou.

Petrov faz sua segunda temporada na Fórmula 1 . Na anterior, enfrentou problemas de adaptação e sua saída chegou a ser especulada. Kosaczenko afirmou que, assim como seu cliente, a Renault também tem muito a aprender.

"A equipe também tem algumas deficiências, mas um piloto profissional deve estar pronto para pilotar qualquer carro. É isso que distingue Robert Kubica, por exemplo", comparou, em referência ao companheiro de Petrov, afastado após um grave acidente . "Vitaly não é mais um novato absoluto, mas ainda está aprendendo. Esperamos que a equipe o esteja avaliando adequadamente", finalizou.

Sua temporada não poderia ter começado melhor. Petrov foi terceiro colocado no GP da Austrália e subiu ao pódio. No entanto, deixou de pontuar em cinco das oito etapas seguintes. Está em nono lugar, com 31 pontos .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.