Tamanho do texto

Piloto russo criticou a falta de evolução da escuderia ao longo da temporada

Chefe de equipe da Lotus Renault, Eric Boullier decidiu aceitar as desculpas de Vitaly Petrov . O piloto russo pediu perdão após criticar a falta de evolução de sua escuderia ao longo da temporada.

Veja também: Lotus Renault revela conversas com Kimi Raikkonen

“A entrevista foi feita minutos depois de Vitaly sair de seu carro no último domingo (13). A corrida foi difícil, ele estava chateado por não marcar pontos, estava exausto”, disse Boullier, referindo-se ao Grande Prêmio de Abu Dhabi .

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Pilotos não são robôs, são seres humanos. Além disso, Vitaly, como todo piloto, é um competidor. Se ele tivesse ido ao pódio em Abu Dhabi, estaria reclamando por não ter vencido a corrida”, completou o dirigente.

O chefe de equipe revelou que o piloto russo fez questão de se desculpar com todos na escuderia.

“Vitaly pediu desculpas para a equipe e mandou um e-mail para o pessoal de Enstone. Essa questão está encerrada”, decretou Boullier.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.