Automobilismo

enhanced by Google
 

Chefe da Ferrari afirma que 2012 será um ano crucial para Massa

Stefano Domenicali cobra o piloto, mas elogia seu poder de superação

EFE | 11/01/2012 12:11

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

O italiano Stefano Domenicali, chefe da Ferrari, saiu em defesa de Felipe Massa nesta quarta-feira (11), especialmente pela capacidade do brasileiro de se "superar quando está sob pressão".

Leia também: Ferrari confirma lançamento do novo carro em 3 de fevereiro

"Este ano é muito importante para Felipe e esperamos muito dele. Ele está consciente de que esta temporada é crucial para ele e para o seu futuro. Sou otimista e estou convencido de que ele vai dar o máximo de si, porque seu potencial é muito grande", afirmou Domenicali sobre o brasileiro durante uma entrevista coletiva no Wrooom 2012, tradicional evento de início de temporada da escuderia.

O chefe da Ferrari também comentou sobre o desempenho e comprometimento do outro piloto da equipe, Fernando Alonso: "O nível do seu desempenho no ano passado foi incrível. Não posso pedir mais do que ele tem feito e tenho que dizer que nos últimos anos ele tem passado mais tempo em Maranello do que qualquer outro piloto que vi em 20 anos de experiência na Ferrari. Ele está conosco porque acredita no nosso time e para acumular mais vitórias no futuro".

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Domenicali adotou cautela ao falar sobre o polonês Robert Kubica, que não disputou a última temporada da Fórmula 1 por sofrer um grave acidente no começo do ano e que recentemente foi especulado como possível companheiro de Alonso na equipe em 2013.

"Robert Kubica é um grande piloto, que sofreu lesões muito sérias e que está lutando para recuperar-se. Por enquanto, é preciso esperar e ver o que acontece. Mas parece que a coisa vai ser longa", opinou.

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG

Ver de novo