Tamanho do texto

Nikolas Tombazis admitiu que o bólido da próxima temporada precisa apresentar melhor desempenho

EFE
150º Italia, carro da Ferrari em 2011. Pouca coisa deve ser aproveitada no carro de 2012
Chefe do departamento de design da Ferrari, Nikolas Tombazis admitiu que a escuderia italiana precisa de um carro melhor em 2012. Por isso, o projeto do carro deve ser bastante modificado em relação ao 150º Italia, bólido da equipe nesta temporada .

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Adotamos uma abordagem muito moderna, e existem muitas áreas no carro que vamos mudar substancialmente. Isso representa uma mudança maior se compararmos aos anos anteriores e aos carros anteriores e, francamente, precisamos fazer isso porque precisamos evoluir mais do que fizemos anteriormente”, disse Tombazis.

O projetista admitiu que o escapamento será um dos principais focos da equipe para a próxima temporada, já que os difusores no escapamento, uma das principais soluções aerodinâmicas adotadas neste ano, serão proibidos em 2012 .

“Essa é claramente uma área de ganho de desempenho que descobrimos para o carro deste ano, então algum recurso naturalmente teve de ser gasto no carro deste ano porque queremos vencer corridas, e ainda temos algumas corridas pela frente. Obviamente, a pesquisa não é aplicável para o carro do ano que vem, mas outras coisas que estamos fazendo para o carro deste ano apontam na direção do ano que vem, então é um pouco da mistura dos dois. Estamos tentando priorizar melhor nossos recursos para cobrir os dois carros”, contou o designer.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.