Tamanho do texto

Piloto da Williams diz que o circuito de Buddh ainda é uma incógnita para pilotos e equipes

Rubens Barrichello, 15º mais rápido da sexta-feira (28) de treinos livres para o Grande Prêmio da Índia , afirmou que, como o Circuito Internacional de Buddh é uma pista nova e em evolução, não dá para prever o desempenho da Williams. De acordo com o brasileiro, o processo de evolução da pista dificulta um planejamento das equipes.

Veja também: Felipe Massa é o mais rápido da sexta-feira na Índia

Rubinho diz que está satisfeito em conhecer a pista indiana, cujo contato havia sido apenas por meio de simulador . “Foi bom conhecer o circuito de Buddh hoje. Como todos, encontramos sujeira na pista, o que é perfeitamente normal para um circuito novo”, analisou Barrichello.

“Não sabemos nosso nível no momento porque o traçado está em evolução durante todo o tempo. Espero poder contar com um bom classificatório”, disse o brasileiro, piloto que mais participou de corridas na história da Fórmula 1 .

Siga o iG Automobilismo no Twitter

O classificatório para o GP da Índia acontecerá neste sábado (29), às 6h30 (Brasília) e a corrida, às 7h30 de domingo (30). O Tempo Real do iG acompanha todos os detalhes do fim de semana de F1, pela 17ª etapa da temporada .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.