Tamanho do texto

Circuito da Catalunha desafia aerodinâmica dos carros e verá lançamento do novo bólido da Marcedes

A partir desta terça-feira (21), as equipes voltam a testar os carros para a temporada de 2012 da Fórmula 1. Os pilotos vão novamente à pista na pré-temporada, desta vez no circuito da Catalunha, em Barcelona. A segunda rodada de testes serve para que as equipes sigam ajustando seus carros até o GP da Austrália, que ocorre no dia 18 de março. Antes, a pista espanhola será palco dos treinos mais uma vez, de 1 a 4 de março.

Leia também: Barcelona divulga programação das equipes para testes da F1

O circuito de Barcelona é constantemente usado para testes de pré-temporada da categoria. Uma das explicações é simples: nesta época do ano, a Europa vive um rígido inverno. O clima mais ameno da Espanha é um dos importantes fatores para que a pista seja escolhida no início da temporada.

Além disso, o traçado catalão possui curvas lentas, médias e rápidas, que exigem muito das equipes em todos os tipos de ajustes aerodinâmicos no carro, um dos pontos de mais atenção das equipes durante a pré-temporada. As críticas existentes com relação ao circuito são sobre a pequena quantidade de pontos de ultrapassagens, e a possível mudança na direção dos ventos que pode ocorrer no local e mudar a
aerodinâmica.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros leitores

Porém, a pista espanhola é importantíssima também durante a temporada. Com a realização de uma prova no mesmo lugar dos testes, é possível que se faça uma análise sobre a evolução das equipes durante o campeonato. No ano passado, por exemplo, a Ferrari foi bem nos testes, mas voltou para a Catalunha, já no meio da temporada, em um nível abaixo do esperado.

A pista em Barcelona também é sede do Grande Prêmio da Espanha de Fórmula 1
Getty Images
A pista em Barcelona também é sede do Grande Prêmio da Espanha de Fórmula 1
Os testes de Barcelona serão também mais uma etapa para que pilotos, equipes e torcedores possam saber mais do real potencial de cada carro, após os quatro dias de treinos que já foram realizados em Jerez de la Frontera . Nas primeiras sessões, a Mercedes liderou em dois dias, mas com o carro de 2011. A equipe já confirmou que lança o novo bólido em Barcelona , para começar a ajustá-lo.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Também em Jerez, ficou a dúvida se a Lotus de Kimi Raikkonen e Romain Grosjean manterá os bons tempos conquistados, e se Fernando Alonso fez milagres com a Ferrari de 2012 no último dia , ou se a equipe está em evolução.

A polêmica sobre a legalidade da entrada de ar no bico da Red Bull e as expectativas sobre o desempenho da McLaren, que já preocupou Lewis Hamilton , também devem agitar os testes de Barcelona. A Hispania, que foi reprovada nos testes de segurança da FIA, só deve testar o carro novo no dia 1º de março e não vai entrar na pista nem com o carro de 2011.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.