Tamanho do texto

Escuderia austríaca pediu para que o australiano mantivesse a terceira colocação em Silverstone

Terceiro colocado no Grande Prêmio da Grã-Bretanha deste domingo (10) , Mark Webber ainda tentou tomar a segunda colocação de Sebastian Vettel, seu companheiro de Red Bull, nas últimas voltas da corrida. Depois da prova, o australiano admitiu que, durante o ataque, desobedeceu ordens da equipe, que pediu para que ele se mantivesse atrás do alemão.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Se Fernando Alonso abandonasse na última volta, estaríamos lutando pela vitória. Claro que eu ignorei a equipe, porque eu queria ganhar a posição. Sebastian estava fazendo seu melhor, eu estava fazendo meu melhor. Eu não ia bater em ninguém”, disse Webber, após a prova.

Para o australiano, a ordem da equipe não quer dizer que a escuderia o considere seu segundo piloto.

“Acho que não. Eu só queria correr até o fim. Faltando quatro ou cinco voltas, eles começaram a falar comigo para que eu mantivesse minha posição. Eu queria os meus pontos, mas eu queria conquistar mais pontos também”, contou Webber.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.