Tamanho do texto

Para espanhol, ainda não é possível comparar a competitividade das equipes

O piloto espanhol Fernando Alonso, bicampeão mundial de Fórmula 1 , declarou nesta segunda-feira (27) que ainda é cedo para tirar conclusões sobre a pré-temporada da Ferrari.

Leia também: Prost critica 'Senna' e diz que não vai assistir ao documentário

"Por enquanto as conclusões são zero. Esta pré-temporada é igual a todas as outras, é um período de adaptação a novas normas que te fazem mudar um pouco a forma de guiar", destacou Alonso, em evento de um dos patrocinadores da equipe no circuito de Jarama, na Espanha.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

O piloto considerou que ainda não dá para saber como a equipe está em comparação com a concorrência. "Agora tudo são suposições. Se supõe que os carros da Red Bull não vão ficar fora das primeiras posições e que McLaren e Mercedes não estarão longe. Mas são apenas suposições. É muito difícil saber onde está cada um", comentou.

Ao lembrar os treinamentos realizados até agora nos circuitos de Jerez e da Catalunha , Alonso ressaltou:  "Há uma certa tendência em pensar que a Ferrari não está fazendo uma boa pré-temporada e que o novo carro é ruim. O certo é que é um carro complexo e ainda há muito trabalho a ser feito".

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros leitores

O espanhol não acredita que 2012 será uma temporada de revalidação, após tudo o que ganhou em sua carreira. "Pode ser que eu não vença outro mundial, mas irei com a cabeça erguida porque estou muito orgulhoso de tudo o que fiz. A cada ano as exigências são maiores para Ferrari e para mim, mas as exigências são necessárias", disse.

Com relação ao Grande Prêmio da Austrália, que dará início à temporada, no dia 18 de março, Alonso afirmou que um bom começo é sempre importante. "Começar bem é sempre bom. Os pilotos chegam com certa ansiedade, tensão e nervosismo. Mas será preciso esperar as duas ou três primeiras corridas para poder fazer alguma avaliação", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.