Tamanho do texto

Como foi no GP da Coreia do Sul de 2010, australiano exercerá função de comissário de pista

selo

Jean Todt com Alan Jones (direita) na Coreia do Sul, onde o australiano foi comissário em 2010
Getty Images
Jean Todt com Alan Jones (direita) na Coreia do Sul, onde o australiano foi comissário em 2010
A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) anunciou nesta quarta-feira (5) que o ex-piloto australiano Alan Jones será um dos comissários de pista do Grande Prêmio do Japão , que será realizado às 3h (Brasília) de domingo (9) no circuito de Suzuka e poderá consagrar o alemão Sebastian Vettel como bicampeão mundial .

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Alan Jones exerceu a função ano passado no GP da Coreia do Sul. Desde 2010, a FIA tem adotado a política de colocar ex-pilotos entre os comissários da prova, com a intenção de que contribuam nas decisões sobre as corridas. O brasileiro Emerson Fittipaldi, por exemplo, exerceu a tarefa no GP do Canadá deste ano.

Com 65 anos, Jones foi campeão mundial na Fórmula 1 em 1980. O australiano estreou na principal categoria do automobilismo em 1975 e participou da sua última prova em 1986. Ele conquistou 12 vitórias e seis pole positions em 116 corridas disputadas pelas equipes Hesketh, Hill, Surtees, Shadow, Williams, Arrows e Haas-Lola.

O Tempo Real do iG acompanha o classificatório na madrugada de sexta para sábado (8), às 2h (Brasília), e a corrida em Suzuka, que será realizada às 3h de sábado para domingo (9).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.