Tamanho do texto

Piloto alemão de 32 anos lamenta temporada decepcionante em 2019, mas diz que é possível dar a volta por cima; confira a declaração de Vettel

Lance

Vettel arrow-options
Getty Images
Vettel e Leclerc acirram rivalidade dentro da Ferrari

Após uma temporada decepcionante, tanto para ele quanto para a Ferrari , Sebastian Vettel sabe que é necessária uma mudança de abordagem dentro de sua equipe ao terminar a corrida deste domingo no quinto lugar.

LEIA MAIS: Temporada da F1 2019 termina em Abu Dhabi com vitória de Hamilton

O 2019 de Vettel foi muito difícil, vencendo apenas uma corrida e conseguindo duas poles, enquanto o companheiro de equipe Charles Leclerc conquistou sete poles e duas vitórias.

O domingo no circuito de Yas Marina também foi difícil para Vettel, que começou com pneus macios e, portanto, teve que parar cedo, perdendo diversas posições e ainda voltando com tráfego à frente.

“Gostaria de entrar no meu quarto e me trocar, mas tenho que responder às suas perguntas primeiro”, disse ele à ‘Sky Sports’ após a corrida.

“Não tivemos o ano que esperávamos e ponto final. Os motivos são óbvios, os aprendizados são óbvios e cabe a nós absorvê-los. Como equipe, devemos ter um desempenho mais forte e, como indivíduo, posso fazer melhor, não foi um ótimo ano do meu lado “.

LEIA MAIS: Promessa do automobilismo brasileiro inicia fase de treinos rumo à F1

A Ferrari foi o centro de muita tensão nesta temporada, com o relacionamento entre Vettel e Leclerc aparentemente atingindo um ponto de ebulição no Brasil há duas semanas, quando eles colidiram e tiveram um abandono duplo.

“Não acho que tenha sido tão ruim se pensarmos que foram coisas pequenas…

“Mas eu sei que posso fazer melhor e essa é certamente a meta para o próximo ano, e espero que tenhamos um pacote mais forte para lutar na frente com a Mercedes e a Red Bull”.