Tamanho do texto

Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen fizeram os melhores tempos nas duas sessões de treino livre em Spa-Francorchamps

A Ferrari dominou o primeiro dia de treinos na Bélgica
Reprodução / Ansa
A Ferrari dominou o primeiro dia de treinos na Bélgica

A Ferrari dominou os dois treinos livres desta sexta-feira (24) para o Grande Prêmio da Bélgica de Fórmula 1 , em Spa-Francorchamps .

Leia também: Michael Schumacher mostra reação e chora ao ver belezas naturais, diz familiar

Na primeira sessão, o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari , foi o piloto mais rápido, com 1m44s358. O holandês Max Verstappen, da Red Bull Racing, ficou em segundo, com 1m44s509, e o atual líder do campeonato, Lewis Hamilton, da Mercedes, em terceiro, cravando 1min44s676m.

Já no segundo treino livre, foi a vez de Raikkonen terminar na liderança, após ter marcado 1m43s355. O finlandês, que já venceu em quatro ocasiões no circuito belga, foi seguido por Hamilton (1m43s523) e Valtteri Bottas (1m43s803), ambos da Mercedes. Vettel, por sua vez, terminou na quinta posição, com 1m44s129.

Leia também: Fernando Alonso afirma que deixará Fórmula 1 por falta de 'emoção'

Neste sábado (25), serão realizados o terceiro treino livre e a prova de qualificação. Já no domingo (26), a corrida está marcada para iniciar a partir das 10h10 (horário de Brasília).

Ferrari prestará homenagem

Ferrari estampará frase em homenagem às vítimas do desabamento da ponte em Gênova
Twitter/Reprodução
Ferrari estampará frase em homenagem às vítimas do desabamento da ponte em Gênova

A escuderia anunciou nesta sexta-feira (24) que homenageará as 43 vítimas do desabamento da Ponte Morandi, em Gênova, na disputa do GP da Bélgica neste domingo (26).

Os carros dos pilotos Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen terão a imagem da ponte acompanhada pelo emblema da escuderia de Maranello. Além disso, os monopostos da Ferrari exibirão a frase "em nossos corações".

"Este é um sinal muito agradável. Todos aqueles que fazem uma homenagem a Gênova, atingida pela tragédia da ponte, transmitem uma boa mensagem ao mundo inteiro, e agradeço-lhes muito", disse o prefeito da capital da Ligúria, Marco Bucci.

No dia 14 de agosto, um colapso estrutural provocou a queda do trecho central da ponte, depois de a região da Ligúria ter sido afetada por uma forte chuva. O incidente deixou 43 vítimas, além de centenas de desabrigados.

Leia também: Renault anuncia acordo com Ricciardo para a próxima temporada da F1

Atualmente, a Ferrari está em segundo lugar no mundial de construtores com 335 pontos, atrás apenas da Mercedes, que tem 345.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.