Tamanho do texto

Pesquisa elaborada pela revista "Autosport" elege o top 10 da temporada; brasileiros Massa e Nasr ficaram fora da lista

Hamilton comemora vitória e título nos EUA
Getty Images
Hamilton comemora vitória e título nos EUA

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes), tricampeão mundial de Fórmula 1 nesta temporada, foi eleito pelos chefes de equipe da categoria como o melhor piloto do ano, com ampla vantagem para o segundo colocado, o alemão Sebastian Vettel (Ferrari), e seu companheiro de equipe, o também alemão Nico Rosberg, em pesquisa elaborada pela revista "Autosport".

Com dez vitórias ao longo da temporada, Hamilton, de 30 anos, garantiu o terceiro título mundial com três corridas de antecipação. O britânico conseguiu 229 pontos de 250 possíveis, 49 a mais que Vettel, que venceu três Grandes Prêmios.

Apesar de ter vencido as três últimas provas do ano, Rosberg ficou 116 pontos atrás do companheiro de equipe na preferência dos chefes de equipe da Fórmula 1. A pesquisa anual para escolher os dez melhores pilotos do ano elaborada pela "Autosport" segue o modelo de pontuação do Mundial de F1, com 25 pontos para o piloto escolhido no primeiro lugar.

Leia também:  Massa encerra ano em 6º, mas crê em lutar pelo título "Ainda não acabou"

O grande destaque da pesquisa foi o holandês Max Verstappen (Toro Rosso), de 18 anos, que ficou com a quarta posição, à frente de pilotos experientes como o espanhol Fernando Alonso (McLaren), sexto colocado, e o finlandês Kimi Raikkonen (Ferrari), apenas o décimo.

Os brasileiros Felipe Massa (Williams) e Felipe Nasr (Sauber) não ficaram entre os dez melhores pilotos da temporada na eleição feita com os chefes de equipe da Fórmula 1.

Confira o 'top-10' da temporada da revista "Autosport":

1. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes): 229 pontos
2. Sebastian Vettel (ALE/Ferrari): 180 pontos
3. Nico Rosberg (ALE/Mercedes): 113 pontos
4. Max Verstappen (HOL/Toro Rosso): 77 pontos
5. Daniil Kvyat (RUS/Red Bull): 69 pontos
6. Fernando Alonso (ESP/McLaren): 57 pontos
7. Valtteri Bottas (FIN/Williams): 52 pontos
8. Sergio Perez (MEX/Force India): 48 pontos
9. Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull): 47 pontos
10. Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari): 37 pontos