Tamanho do texto

Terceiro colocado na etapa de Interlagos em 2014, brasileiro da Williams pode ultrapassar Bottas no Mundial de Pilotos e tenta sua melhor posição no campeonato desde 2008

O brasileiro Felipe Massa, piloto da Williams
Mark Thompson/Getty Images
O brasileiro Felipe Massa, piloto da Williams


Não chega a ser uma rivalidade tensa do nível Lewis Hamilton x Nico Rosberg, mas ficar mais bem colocado do que seu companheiro de equipe não deixa de ser um incentivo extra para Felipe Massa almejar pódio na prova mais esperada do calendário, pelo menos para ele: o GP do Brasil, neste domingo, em São Paulo, penúltima etapa da temporada 2015 da Fórmula 1. Sexto colocado no Mundial, com 117 pontos, o piloto da Williams confia no fator casa e no histórico positivo em Interlagos para superar na classificação o finlandês Valtteri Bottas, que soma 126, na briga interna da equipe.

Veja como está a classificação do Mundial de Pilotos da Fórmula 1

Massa pontuou nas últimas quatro edições do GP do Brasil. Em 2014, já pela Williams, o brasileiro foi ao pódio. A terceira colocação gerou uma comoção do público, que chegou a invadir a pista de Interlagos para festejar o resultado. Estar entre os líderes neste domingo e na última etapa do Mundial, em Abu Dhabi, no próximo dia 19, é fundamental para tentar chegar ao quarto lugar na classificação, superando Bottas e o também finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, que tem 123 pontos.

Leia: Para Wolff, rivalidade entre Hamilton e Rosberg é o atual ponto forte da Fórmula 1

“O GP de casa é sempre o mais importante para qualquer piloto. Para mim, correr em casa, onde eu comecei, é algo nostalgico e me traz boas lembranças. Eu amo a pista, é uma das melhores da temporada. Sempre tive bons resultados por lá. Estou ansioso para ver como posso me sair por lá neste ano”, avaliou Massa, vencedor do GP do Brasil em 2006 e 2008, correndo pela Ferrari.

A favor do brasileiro também conta o retrospecto pouco animador de Bottas em Interlagos. Em 2013, o finlandês da Williams se acidentou, e no ano passado cruzou a linha de chegada na décima colocação.

Leia: Hamilton diz que sempre sente "a presença de Senna" quando está no Brasil

"No passado, não tive as melhores corridas no GP do Brasil. Mas, desta vez, estou olhando confiante para frente. É um circuito agradável de conduzir, tem uma boa combinação. Isso é bom para correr e fazer boas ultrapassagens", avaliou Bottas.

Hamilton já é campeão, e Rosberg briga pelo vice com o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari. Com o "pódio" do Mundial de Pilotos já resolvido, fechar a temporada em quarto lugar significaria para Felipe Massa obter sua melhor colocação no campeonato desde 2008, quando ficou em segundo lugar, perdendo o título para o inglês Lewis Hamilton na última curva de Interlagos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas