Tamanho do texto

Incidentes ocorridos durante o GP da Inglaterra, com cinco pilotos prejudicados por problemas nos pneus, obrigou a entidade a chamar a empresa italiana para esclarecimentos

Pneu deixou Lewis Hamilton na mão durante o GP da Inglaterra
Getty Images
Pneu deixou Lewis Hamilton na mão durante o GP da Inglaterra

Fornecedora oficial dos pneus da Fórmula 1, a Pirelli, mais uma vez, foi alvo de uma grande quantidade de críticas após o Grande Prêmio da Inglaterra deste domingo, em que cinco pilotos foram prejudicados por problemas nos compostos. Com os incidentes, Jean Todt, presidente da Federação Internacional de Automobilismo, convocou a empresa italiana para uma reunião de emergência, que será realizada nesta quarta-feira, em Paris.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Com a intenção principal de discutir sobre a segurança dos pilotos, a reunião também servirá para a Pirelli prestar esclarecimentos sobre os problemas que comprometeram diretamente o resultado final da corrida.

Veja também: Hamilton e Vettel têm problemas, e vitória na Inglaterra cai no colo de Rosberg

Criticados por competidores e diversas equipes, os pneus vêm sendo apontados como problemas durante toda a temporada. Neste domingo, Lewis Hamilton, um dos mais prejudicados, comentou a sobre a necessidade de uma mudança e o risco dos atuais compostos.

Leia também: Hamilton classifica estouro de pneu como "inaceitável" e pede providências

"Nós tivemos um teste de pneus para desenvolver e melhorá-los para impedir que isso aconteça, e depois do teste com os pneus, nada foi feito. Alguém poderia ter se machucado. Fiquei pensando, quando estava atrás do safety-car, que só quando alguém se machucar é que algo vai ser feito sobre isso", comentou o britânico.

E mais: Diretor de prova diz que quase parou GP da Inglaterra por problemas com pneus

Apontado como um dos principais favoritos para subir ao lugar mais alto do pódio, Hamilton teve o seu problema logo na oitava volta. Com o tempo perdido, ele, que havia largado na pole, deixou a briga pelo primeiro lugar de lado, mas conseguiu se recuperar e terminou em quinto.