Tamanho do texto

O piloto da Lotus conquistou a primeira de suas duas vitórias em Sepang em 2003, seu primeiro triunfo na carreira na Fórmula 1

Embalado pela vitória no GP da Austrália que abriu a temporada, Kimi Raikkonen retornará no fim de semana ao local de sua primeira vitória na Fórmula 1, a Malásia, mas espera um desafio completamente diferente em relação ao domínio completo em Melbourne.

Raikkonen comemora a vitória em Melbourne
Getty Images
Raikkonen comemora a vitória em Melbourne

Depois de desfrutar de uma corrida relativamente tranquila no circuito de Albert Park no último fim de semana, o finlandês, de 33 anos, acredita que o calor e a chuva desempenharão um papel importante na segunda etapa do campeonato.

O piloto da Lotus conquistou a primeira de suas duas vitórias em Sepang em 2003, seu primeiro triunfo na carreira. "É um lugar diferente, vai fazer muito mais calor, por isso é muito difícil dizer como o carro vai estar e quem vai ser mais rápido depois de apenas uma corrida", disse Raikkonen, que conseguiu lidar bem com a degradação dos pneus Pirelli em Melbourne, ao contrário dos adversários.

"É provável que chova novamente na Malásia em algum momento, mas será um circuito diferente, condições diferentes", acrescentou o campeão mundial de 2007, quando estava na Ferrari. "Nosso carro funcionou bem na Austrália e, geralmente, pelo menos no ano passado, o calor foi bom para nós, então eu espero que seja um bom fim de semana."

Raikkonen colocou-se como concorrente ao título mundial após sair do sétimo lugar e ultrapassar Fernando Alonso e Sebastian Vettel a caminho da vitória na Austrália, mas o finlandês considera que ainda é muito cedo para se falar sobre a disputa do campeonato. "Eu acho que temos que fazer duas ou três corridas antes de realmente sabermos o que vai acontecer", acrescentou.