Tamanho do texto

Piloto acredita que desempenho em Valência provou força do time e vê vitória próxima

De acordo com o piloto Romain Grosjean, a Lotus provou ser uma equipe grande e tem condições de brigar de igual para igual com os líderes nos próximos GPs.

Leia também: Button retoma confiança e crê em primeira fila do grid em Silverstone

Apesar da escuderia de Enstone ainda não ter vencido nesta temporada, já esteve no pódio cinco vezes e brigou pela vitória em várias ocasiões. Na última corrida, em Valência , Grosjean perseguia o líder Fernando Alonso quando teve que abandonar por problemas no motor, com isso, a segunda colocação ficou com seu companheiro, Kimi Raikkonen.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“É ótimo brigar com campeões mundiais, times grandes. Agora nós somos um time grande”, afirmou Grosjean nesta sexta-feira (29). "No fim, não terminamos a prova, mas não foi nossa culpa. Preciso ser paciente, não alcancei minha primeira vitória em Valência, mas estou convencido de que ela vai chegar”, acrescentou.

O piloto quer aproveitar o aprendizado no GP da Europa para voltar a brigar entre os líderes na próxima corrida, em Silverstone: "Demos um passo real em Valência, entendendo algumas considerações de desempenho que nos ajudará no resto da temporada. Mal posso esperar para colocá-las em prática em Silverstone”.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros leitores

Apesar da pista de Valência ser apontada como ideal para o Lotus E20, Grosjean não vê razão para o desempenho do carro na Espanha não ser repetido no circuito britânico. "Acho que chegamos a Silverstone com mais confiança. Foi bom ter um fim de semana bem quente em Valência para sermos capazes de trabalhar e realmente analisar as coisas. Estou confiante que teremos um ritmo forte e isso nos levará a uma boa prova”, finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.