Tamanho do texto

Em briga dura até o fim, alemão consegue manter a liderança. Em nono, Massa conquista primeiros pontos. Senna abandona

Depois de ser pressionado por Kimi Raikkonen durante boa parte do Grande Prêmio do Bahrein, Sebastian Vettel provou que está mesmo de volta à disputa na temporada 2012 da Fórmula 1 . Neste domingo (22), o alemão da Red Bull conseguiu manter a primeira posição desde a largada e segurou os carros da Lotus, que fizeram ótima corrida e chegaram ao pódio, com Romain Grosjean em terceiro.

VEJA TODAS AS IMAGENS DO GRANDE PRÊMIO DO BAHREIN

Felipe Massa conquistou seus primeiros pontos na temporada ao chegar na nona posição, após uma boa prova de recuperação. Bruno Senna não teve a mesma sorte. O brasileiro da Williams não conseguiu sair do pelotão de trás durante a corrida e acabou abandonando no final.

Leia também: Vitória no Bahrein coloca Vettel na liderança do Mundial

Mark Webber terminou na quarta posição com a Red Bull, seguido por Nico Rosberg, da Mercedes, que passou o britânico Paul di Resta, da Force India, nas voltas finais. Fernando Alonso , Lewis Hamilton e Michael Schumacher completaram os dez primeiros em Sakhir.

Bom início de prova de Massa

Nenhuma das três primeiras posições do grid se alterou na largada da corrida. Vettel manteve a primeira colocação, seguido por Hamilton e Webber. Atrás deles, porém, muita coisa mudou. Jenson Button, Rosberg e Daniel Ricciardo largaram mal e perderam posições. Um dos destaques positivos foi Massa. O brasileiro da Ferrari pulou da 14ª posição para a nona. Depois de algumas ultrapassagens nas primeiras voltas, Massa chegou a ficar em sétimo.

Mas quem mais impressionou no início da prova no Bahrein foi Grosjean. O francês da Lotus, que largou em sétimo, foi ganhando posições e, na oitava volta, já estava em segundo, atrás apenas de Vettel. Raikkonen , seu companheiro, também teve grande início e assumiu a quinta posição – depois de largar em 11º – antes dos carros começarem a parar nos boxes.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

 Lotus cresce e Raikkonen cola em Vettel

Depois das primeiras paradas nos boxes, poucas mudanças aconteceram. Apenas Hamilton, que, após uma falha da McLaren nos boxes , acabou perdendo bastante tempo e se afastou da briga no topo. Grosjean, que vinha em segundo, após o belo início, viu seu companheiro de equipe, Raikkonen, se aproximar, e perdeu a posição. A partir daí, o finlandês partiu para cima de Vettel na briga pela liderança.

A briga entre os dois foi emocionante, com Raikkonen bem perto de ultrapassar o alemão antes da segunda parada. O bicampeão mundial, porém, conseguiu manter a posição até parar nos boxes.

Um pouco mais atrás, Massa chegou perto de ultrapassar Alonso durante a prova, mas o espanhol soube manter sua posição. No fim do grid, pouca coisa mudou.Schumacher foi o único que conseguiu fazer uma boa prova. Após largar em 22º por ter trocado a caixa de câmbio, o alemão conseguiu chegar à décima posição no fim.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Vettel segura vantagem e mantém a vitória. Massa conquista seus primeiros pontos

A perseguição de Raikkonen em Vettel aumentou em emoção no final da prova. Faltando dez voltas para o final, o finlandês conseguiu se aproximar a pouco mais de dois segundo de Vettel. No final, porém, o atual bicampeão mundial conseguiu recuperar desempenho e manteve uma folga maior até chegar à vitória. Com o resultado, o alemão assumiu a liderança do Mundial de pilotos .

Grosjean completou o pódio, mantendo-se à frente de Webber, fechando as duas primeiras filas com Red Bull e Lotus. Rosberg pressionou muito no final e passou Di Resta, chegando à quinta posição.

Massa guiou com extremo cuidado e conseguiu confirmar a nona posição, se aproveitando no final da parada de Button nos boxes, que teve seu pneu furado e acabou abandonando. Outro que não conseguiu terminar a prova foi Senna, que recolheu para os boxes da Williams pouco antes do fim da prova.

A próxima corrida da temporada acontece na Espanha, no dia 13 de maio.

Veja como ficou a classificação final do GP do Bahrein:

1 – Sebastian Vettel (ALE) - Red Bull –57 voltas
2 – Kimi Raikkonen (FIN) - Lotus – a 3s3
3 – Romain Grosjean (FRA) - Lotus – a 10s1
4 – Mark Webber (AUS) - Red Bull – a 38s7
5 – Nico Rosberg (ALE) - Mercedes – a 55s4
6 – Paul di Resta (GBR) - Force India – a 57s5
7 – Fernando Alonso (ESP) - Ferrari – a 57s8
8 – Lewis Hamilton (GBR) - McLaren –a 58s9
9 – Felipe Massa (BRA) - Ferrari – a 1min4s9
10 – Michael Schumacher (ALE) – Mercedes – a 1min11s4
11 – Sergio Pérez (MEX) – Sauber – a 1min12s7
12 – Nico Hulkenberg (ALE) - Force India – a 1min16s5
13 – Kamui Kobayashi (JAP) - Sauber – a 1min30s3
14 – Jean-Éric Vergne (FRA) - Toro Rosso – a 1min33s7
15 – Daniel Ricciardo (AUS) - Toro Rosso – a 1 volta
16 – Vitaly Petrov (RUS) - Caterham – a 1 volta
17 – Heikki Kovalainen (FIN) - Caterham – a 1 volta
18 – Timo Glock (ALE) - Marussia – a 2 volta
19 – Pedro de la Rosa (ESP) – HRT – a 2 volta
20 – Narain Karthikeyan (IND) – HRT – a 2 volta
21 – Jenson Button (GBR) - McLaren – Abandonou
22 – Bruno Senna (BRA) - Williams – Abandonou
23 – Pastor Maldonado* (VEN) - Williams – Abandonou
24 – Charles Pic (FRA) - Marussia – Abandonou

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.