Tamanho do texto

Montadora francesa teve seu último momento de glória com Fernando Alonso campeão entre 2005 e 2006

Pastor Maldonado pilota a Lotus em Barcelona
Mark Thompson/Getty Images
Pastor Maldonado pilota a Lotus em Barcelona

A marca francesa Renault confirmou nesta quinta-feira o retorno ao Mundial de Fórmula 1 em 2016 com equipe própria após fechar a compra da escuderia Lotus, que atualmente conta com o francês Romain Grosjean e o venezuelano Pastor Maldonado como pilotos.

Campeã de pilotos, com o espanhol Fernando Alonso, e também de construtores em 2005 e 2006, a Renault começou em setembro o processo de aquisição da Lotus.

Leia: Relação entre Hamilton e Rosberg pode obrigar Mercedes a mudar equipe

"Tínhamos duas opções, voltar 100% ou sair. Após um estudo detalhado, decidimos que a Renault estará na Fórmula 1 a partir de 2016", declarou o presidente da empresa francesa, o brasileiro Carlos Ghosn. "Nossa ambição é vencer, mesmo que conseguir isso leve algum tempo", acrescentou.

A marca revelou que continua trabalhando para completar totalmente a compra da Lotus, mas que os principais contratos foram assinados nesta quinta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.