Tamanho do texto

Bandidos usaram gás anestésico e roubaram R$ 1,6mi em joias, incluindo anel de noivado da esposa do piloto de Fórmula 1

O piloto de Fórmula 1, Jenson Button, sua esposa, a modelo Jessica Michibata, e mais três amigos foram vítimas de um assalto cinematográfico enquanto passavam férias em uma mansão em Saint-Tropez. Os assaltantes usaram gás anestésico nos dutos de ventilação da residência e fizeram com que todos os ocupantes da casa desmaiassem. Ao acordarem, perceberam que diversos objetos haviam sido roubados, incluindo o anel de noivado de Jessica, avaliado em R$ 1,3 milhão. Ao todo, o valor total furtado passa de R$ 1,6 milhão.

Jenson Button com a sua esposa Jessica Michibata
AP Photo/Jin-man
Jenson Button com a sua esposa Jessica Michibata

Um porta-voz da McLaren confirmou a ação e informou que ela ocorreu na noite da última segunda-feira (03). "Jenson, Jessica e os amigos estavam em férias em uma casa alugada em Saint-Tropez, quando na segunda-feira à noite dois homens invadiram o local, enquanto todos dormiam. Foram roubados inúmeros objetos, incluindo joias e o anel de noivado de Jessica", disse o representante.

Ainda de acordo com ele, esse tipo de ação está se tornando "um problema crescente na região", com os criminosos "usando métodos mais sofisticados para assaltar as vítimas". Ele ainda destacou que a polícia está investigando se o grupo foi vigiado pelos bandidos antes da ação.

Em entrevista à emissora "Sky Sports", o empresário do piloto, Richard Goddard, disse que todos estão bem e não estão sofrendo com algum efeito nocivo do gás. "Ele já estava bem um dia depois do incidente, por isso nada do que aconteceu vai afetar o seu trabalho no retorno à F1", destacou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.