Tamanho do texto

Piloto da Williams comentou sobre polêmica declaração de Nelson Piquet e lembrou de quando Ayrton Senna se recusou a lhe dar um autógrafo, quando era pequeno

Felipe Massa, piloto da Williams
Darko Vojinovic/AP
Felipe Massa, piloto da Williams


Tricampeão de Fórmula 1, Nelson Piquet reacendeu sua rivalidade com Ayrton Senna, morto em 1994, ao comentar que o piloto brasileiro praticava jogo sujo na pista. Felipe Massa não compactua dessa opinião.

Relembre: Piquet causa polêmica e dispara contra Ayrton Senna: 'Sempre foi sujo'

O piloto da Williams, que participou de um evento em São Paulo nesta quarta-feira, comentou com exclusividade para o iG a polêmica frase de Piquet. "Não, de jeito nenhum. Não concordo", disse Massa. "Falar que ele é sujo não é o caminho certo. Mas Piquet também gosta de falar bastante", completou.

Veja a classificação do Mundial de Pilotos da temporada 2015 da Fórmula 1

Massa, fã declarado de Senna, relembrou também um episódio em que o tricampeão de F1 lhe negou um autógrafo quando era criança. Confira no vídeo abaixo um trecho da entrevista exclusiva com o piloto, publicada no iG Gente  nesta quinta-feira:

Leia: Massa planeja futuro do filho longe da F1: "Tomara que ele vá para o futebol"

O comentário de Piquet ocorreu no fim de semana do Grande Prêmio da Hungria de Fórmula 1, durante uma conversa com jornalistas. “Ele sempre foi muito sujo na sua carreira. Ganhou o campeonato de F3 porque bateu no Martin Brundle, em Brands Hatch, na última corrida, acabou com o carro em cima. (O acidente a que Piquet se refere aconteceu em Oulton Park, na 17ª etapa das vinte realizadas). Fez o mesmo com Prost em 90 para ganhar o campeonato. Eu não concordo com isso. No automobilismo, você precisa ser limpo. Quer ser campeão? Tudo bem. Mas precisa ser limpo. Ele não era limpo na pista. Foi por isso que mostrei o dedo do meio para ele”, disse.

Relembre na galeria abaixo algumas polêmicas da carreira de Ayrton Senna:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.