Tamanho do texto

Se não conseguiu ser o mais veloz, feito que ficou com Jenson Button, piloto da Mercedes foi o que mais andou

Nico Rosberg completou 97 voltas no segundo dia de testes da F1 em Jerez de la Frontera
Getty Images
Nico Rosberg completou 97 voltas no segundo dia de testes da F1 em Jerez de la Frontera

Nico Rosberg foi o piloto que mais voltas completou no segundo dia de testes pré-temporada da F1 em Jerez de la Frontera. Se não conseguiu ser o mais veloz, feito que ficou com Jenson Button, da McLaren, o piloto da Mercedes comemorou a estabilidade mostrada por seu carro dentro da pista.

"Com certeza estou sorrindo, o time fez um ótimo trabalho. Tivemos um grande dia e demos muitas voltas no circuito, que é o que importa neste momento. É assim que podemos realmente progredir, nos livrarmos dos problemas de confiabilidade e entender tudo melhor. Foram sessões muito positivas", afirmou Rosberg.

O alemão teve como melhor marca o tempo de 1min25s588, enquanto Button registrou 1min24s165. Mas o piloto inglês permaneceu na pista somente por 43 voltas. O mexicano Esteban Gutierrez, da Sauber,  foi o segundo que mais deu voltas em Jerez de la Frontera (53).

Outro fator positivo para a equipe foi o motor Mercedes. Utilizada por McLaren, Mercedes, Williams e Force India nas atividades desta quarta-feira, a peça criada pela montadora alemã propiciou 212 voltas ao quarteto. Já o motor Ferrari, usado por Ferrari e Sauber, esteve na pista em 100 voltas, enquanto o Renault, da atual tetracampeã Red Bull e também da Caterham, foi testado em apenas 19 voltas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.