Tamanho do texto

Ex-piloto alemão segue internado em coma induzido depois de ter batido a cabeça em um acidente de esqui

Corina, esposa de Schumacher, visita o ex-piloto em hospital de Grenoble
Claude Paris/AP
Corina, esposa de Schumacher, visita o ex-piloto em hospital de Grenoble

Corina, esposa de Michael Schumacher, falou pela primeira vez desde o acidente do ex-piloto de Fórmula 1 em uma pista de esqui no dia 29 de dezembro. Ela pediu paz e que jornalistas e imprensa se afastem de médicos e do hospital onde o alemão segue internado. 

Deixe seu recado e comente com outros leitores

"É muito importante para mim que vocês se afastem do hospital e dos médicos para que eles possam fazer o trabalhos deles em paz. Por favor, também deixem a nossa família em paz", disse Corina em um comunicado.

Leia também: Câmera no capacete de Schumacher estava ligada e ex-piloto filmou o seu acidente

Jornalistas e fãs fazem plantão diante do hospital de Grenoble, na França, onde Schumacher segue internado. Ele sofreu um grave acidente enquanto esquiava no final de dezembro e bateu a cabeça em uma pedra. O alemão de 45 anos segue em coma induzido e se estado de saúde é crítico e estável


*com AP

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.