Tamanho do texto

Chefe da equipe disse que a escuderia cometeu erros após as férias de verão

A Mercedes surpreendeu nesta temporada da Fórmula 1, desbancou a Ferrari e terminou na segunda colocação do Campeonato Mundial de Construtores. Com o vice-campeonato, a equipe aponta diversas falhas que impediram melhores resultados na competição. Entre eles, para Toto Wolff, chefe de equipe, o que mais comprometeu o desenvolvimento foi o cuidado excessivo com os pneus no segundo semestre.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

"Onde nós erramos foi após as férias de verão, com a chegada dos novos compostos. Com um carro que era muito agressivo com os pneus traseiros, nós desenvolvemos novos métodos de poupá-los, então quando a nova construção chegou, provavelmente fomos cuidadosos demais", declarou Wolff em entrevista à Autosport .

Além de considerar que os pneus prejudicaram a montadora, o chefe da equipe citou que a Red Bull entendeu as condições e soube aproveitá-las, o que foi determinante para garantir o domínio na temporada.

"Eles apenas tomaram decisões inteligentes. O pneu se tornou o mesmo com o qual eles venceram o campeonato do ano passado, eles o conheciam muito bem e seguiram o caminho correto. Se uma equipe é completa igual à Red Bull, essas coisas apenas acontecem", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.