Tamanho do texto

Michael Schumacher, heptacampeão de F1, elogiou seu compatriota e destacou a diferença de desempenho entre Vettel e o companheiro de Red bull, Mark Webber

Vettel é cumprimentado por Schumacher na temporada passada
Getty Images
Vettel é cumprimentado por Schumacher na temporada passada

Maior campeão da Fórmula 1, Michael Schumacher e é um dos poucos que podem falar sobre Sebastian Vettel do ponto de vista de um piloto tantas vezes campeão. Apesar de também estar acostumado com inúmeras vitórias, o recordista em títulos se mostrou surpreso com o domínio do compatriota nos últimos anos.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

"Ele fez um grande trabalho, muito consistente. Basta olhar para seu companheiro de equipe, que é o ponto de referência sempre. Seb ganhou todas essas corridas, foram 13 neste ano. Mark Webber não venceu nenhuma. Isso é muito chocante. Estou realmente feliz por não ser seu companheiro de equipe", afirmou Schumacher.

Heptacampeão mundial, Schumi, que teve a marca de 13 vitórias em uma mesma temporada igualada por Vettel, afirmou que não está preocupado em perder o recordes e deixou claro seu apoio para que o tetracampeão consiga superá-los.

"Mas ele é verdadeiramente digno de ser campeão. Estou realmente feliz por ele. Se tem alguém pode quebrar todos os recordes, é Seb. E eu prefiro que seja ele", completou o alemão

Por fim, um dos maiores pilotos do automobilismo mundial garantiu que não pensa em novamente voltar à Fórmula 1, embora ainda continue nas pistas com outras atividades.

"Estou um pouco cansado disso e é por está razão que decidi deixar o esporte. A Mercedes me deu uma opção de continuar, mas eu realmente não queria. Eu tenho agora uma nova vida e adoro. Estou cuidando de jovens pilotos no kart. Sempre fui muito próximo disso. Tenho um amigo que constrói os karts e gosto de testar e desenvolver para ele", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.