Em retomada no Palmeiras, Raphael Veiga pode ter cenário favorável em 'decisão' no domingo
Julia Mazarin
Em retomada no Palmeiras, Raphael Veiga pode ter cenário favorável em 'decisão' no domingo


No domingo, o Palmeiras enfrentará o Flamengo em uma espécie de ‘final antecipada’ no Brasileirão . Em um duelo de líder e vice-líder, com nove pontos de diferença entre eles, o talento individual pode sobressair. Raphael Veiga, pelo lado do Verdão, sabe bem como é assumir esse papel contra o adversário.

GALERIA

> Veja astros que ainda estão com futuro indefinido
> Abel Ferreira: veja as opiniões de jornalistas e técnicos sobre ele

O camisa 23 do Verdão participou de 27 dos 111 gols marcados pela equipe neste ano, somando o Mundial de Clubes. Ao todo, são 20 tentos e sete assistências do meia, fazendo com que nenhum outro jogador do elenco tenha conseguido superá-lo até então.

Contra o Flamengo, Veiga já balançou a rede três vezes. Sendo que, curiosamente todas elas aconteceram em decisões importantes.

Por ter vencido a Copa do Brasil de 2020, enquanto o adversário levantou a taça do Brasileiro daquele ano, os dois times disputaram o título da Supercopa do Brasil. Na ocasião, empate em 2 a 2, com dois gols do meia.

Contudo, na decisão por pênaltis, o Palmeiras levou a pior e saiu como vice-campeão do torneio. Situação completamente oposta do que aconteceu na Libertadores de 2021, quando Raphael Veiga abriu o placar e aumentou a chance de título, que viria a ser concretizado com o tento de Deyverson na prorrogação.

TABELA

> Clique e confira a tabela completa e simulador do Brasileirão-2022!

Vale lembrar que, em todas as vezes que Raphael Veiga comemorou uma bola na rede, o Alviverde não saiu derrotado pelo Flamengo.

Apesar de uma ‘má fase’ recente, o jogador palmeirense voltou a marcar na vitória do Verdão sobre o Goiás, pelo Brasileiro, e foi uma das peças fundamentais do time na classificação à semifinal da Libertadores diante do Atlético-MG, mostrando que pode entregar cada vez mais.

Abel Ferreira, inclusive, deixou claro que oscilações não são problema, desde que haja 'esforço e trabalho para a equipe'. Como o treinador palmeirense afirmou: 'Jogadores são como as ondas do mar, uma vez estão em cima, outras embaixo. Tem que saber lidar com o momento para dar a volta', e o momento pode ser exatamente na “final” contra o Flamengo.

Confira os números de Raphael Veiga contra o Flamengo:

8 jogos
1 vitória
3 empates
4 derrotas
3 gols marcados

    Mais Recentes

      Comentários

      Clique aqui e deixe seu comentário!