Fã de Tevez, Bustos chega ao São Paulo prometendo ser um 'curinga' para o ataque
Rafael Ribeiro
Fã de Tevez, Bustos chega ao São Paulo prometendo ser um 'curinga' para o ataque


Centroavante, ponta, ponta de lança... Não há posição no ataque em que Nahuel Bustos, novo atacante do São Paulo , não possa jogar.


GALERIA
+ Confira como estão as negociações para renovações de contratos do elenco do São Paulo


Esse foi o recado que o novo camisa 19 tricolor deu após sua apresentação oficial como jogador do clube paulista na tarde desta sexta-feira (5), no CT da Barra Funda. O LANCE! antecipou as negociações pelo jogador ainda no início de julho.

- De centroavante, de ponta. Posso fazer em qualquer posição do ataque. Onde a equipe precisar. Estou jogo no atacante, sempre gostei de estar ali para chegar e fazer gol. Mas posso jogar em qualquer parte do atacante, onde a equipe precisar.

A fome de gols da revelação do Talleres, que pertence ao Grupo City e passou os últimos dois anos emprestados ao Girona, da Espanha, vai ser compartilhada por um conterrâneo que já é ídolo dos são-paulinos: Calleri. Com quem o novo atacante já conversou e deve receber ajuda para se ambientar à nova casa.

- Estou contente de estar aqui. A possibilidade de vir ao São Paulo, não duvidei, pela história do clube, três Libertadores, três Mundiais. Sabia o que significava o clube e estou contente. Conversei om Calleri, me recebeu muito bem. Sempre se mostrou disposto a me ajudar. Trataremos de colocar a bola sempre no gol, que faça gol e nos dê resultados positivos para festejarmos todos juntos.

Mas se o assunto for referências de seu país, a escolha de Bustos é por outro nome, justamente um ídolo de rival do São Paulo: Carlos Tevez. O agora treinador, que passou no Brasil em 2005 para jogar no Corinthians, é uma referência ao camisa 19.

- Tevez sempre foi um jogador que gosta de jogar à frente. Por isso é uma referência.

Sobre a camisa 19, Bustos diz que o número lhe traz sorte. Foi com ele que atuou por dois anos na Espanha. E agora vê com bons olhos essa oportunidade no futebol brasileiro.

- Elegi o Brasil porque sei que se jogam muitas partidas, o que significa o clube para mim e para todos os paulistas. Tomei uma boa decisão, estou muito contente, farei o melhor para poder devolver a confiança que o clube me deu.

Bustos não atua há dois meses e há pelo menos um não treina profissionalmente em um clube. Mesmo assim fez questão de ressaltar que espera estar logo à disposição de Rogério Ceni. O argentino não poderá jogar a Copa do Brasil e torce pela classificação do Tricolor para poder ser inscrito na semifinal da Sul-Americana.

- Eu estive treinando sozinho na Argentina. Hoje treinei com a equipe, depois de estar há alguns meses sem treinar com um grupo, hoje me senti muito bem e vou tentar estar disponível o mais rápido possível.

TABELA
> Confira classificação, jogos e simule resultados do Brasileirão-22
> Confira todos os jogos da Copa do Brasil-22
> Confira todos os jogos da Copa Sul-Americana-22
> Conheça o novo aplicativo de resultados do LANCE!

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários