Em clássico movimentado, Athletico-PR vence Coritiba
Futebol Latino
Em clássico movimentado, Athletico-PR vence Coritiba


Neste domingo (19), o Athletico-PR venceu, por 1 a 0, o Coritiba. Khellven, de pênalti, marcou o gol. Os times se enfrentaram no Couto Pereira, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Furacão segue na 4ª colocação, enquanto o Coxa fica em 15°.

MOVIMENTADO!

A primeira etapa foi bastante movimentada, com o Coritiba tendo as melhores oportunidades. Enquanto isso, o Athletico-PR apostou nos contra-ataques. O Coxa controlou e criou ótimas chances.

Aos 22, o Furacão chegou a assustar com Cuello, mas nada marcou. A equipe da casa teve a melhor chance aos 36. Na jogada, Alef Manga conseguiu superar Bento. No entanto, a arbitragem marcou impedimento.

SEM GOLS…

Na segunda etapa, os times assustaram ainda mais. O Coritiba seguiu na pressão e teve novamente as melhores oportunidades de abrir o placar. Com menos de 10 minutos, Adrian Martínez, duas vezes, e Thony Anderson tentaram.

Depois disso, a partida ficou mais truncada e com poucas chances. O Coritiba só voltou a assustar aos 29, quando Alef Manga cruzou para Igor Paixão. O atacante finalizou em cima da segunda trave passou por cima do gol. No final, Adrián Martínez obrigou Bento a fazer um milagre. No final, a arbitragem marcou um pênalti para o Furacão. Khellven deslocou o goleiro e mandou para o fundo das redes.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA X ATHLETICO-PR

Local: Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data e hora: 19/06/2022 - 16h (de Brasília)
Público: 24.833
Renda: R$ 380.615
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (Fifa-SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP) e Evandro de Melo Lima (SP)
VAR: Daiane Caroline Muniz dos Santos (Fifa-SP)
Cartões amarelos: Adrián Martinez e Rafael William (Coritiba); Pedro Henrique, Pablo Siles, Matheus Babi, Léo Cittadini, Nicolás Hernández e Pablo (Athletico-PR)
Cartões vermelhos: Diego e Warley (Coritiba)

GOLS: Khellven, aos 54’/2°T (0-1)

CORITIBA (Técnico: Gustavo Morínigo)

Rafael William; Matheus Alexandre, Henrique, Luciano Castán e Diego; Willian Farias, Galarza, Thonny Anderson (Léo Gamalho, aos 30‘/2°T); Alef Manga (Warley, aos 46‘/2°T), Adrián Martínez (Guilherme Biro, aos 42’/2°T) e Igor Paixão.

ATHLETICO-PR (Técnico: Luiz Felipe Scolari)

Bento; Khellven, Pedro Henrique, Nicolás Hernández e Pedrinho; Erick, Pablo Siles (Vitor Bueno, aos 45‘/2°T) e Terans (Matheus Babi, aos 13‘/2°T); Marcelo Cirino (Léo Cittadini, aos ‘/2°T), Pablo (Vitor Roque, aos 13‘/2°T) e Cuello.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários