Luan comemora atuação em seu retorno ao Palmeiras e deixa lesão para trás: 'Página virada'
Alexandre Guariglia
Luan comemora atuação em seu retorno ao Palmeiras e deixa lesão para trás: 'Página virada'


O Palmeiras empatou em 0 a 0 com o Atlético-MG neste domingo, no Allianz Parque, pela nona rodada do Brasileirão-2022 . Com a igualdade, o Verdão não conseguiu retomar a liderança e ficou com a segunda posição na tabela. Mesmo assim, há motivos para comemorar, como o retorno de Luan após quase quatro meses lesionado. O próprio zagueiro celebrou a volta aos gramados.

GALERIA
> Relembre as contratações do Palmeiras na Era Anderson Barros

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Em entrevista na zona mista do estádio palmeirense, o defensor bicampeão da Libertadores não escondeu sua felicidade ao poder estar em campo novamente, depois de três meses e 21 dias em recuperação. Ao mesmo tempo em que trata a lesão como "página virada", Luan leva um aspecto positivo dessa estadia em casa.

- Difícil, ruim, ninguém gosta de se machucar, mas é uma página virada, foram três meses e alguma coisa de muita torcida pelos meus companheiros e amigos, muito tempo com essas pequenininhas aqui (em referência às filhas), com minha esposa e minha família. A gente tem que tirar coisas boas desses momentos ruins, e a lição boa que eu tiro é que eu tive tempo de ficar com eles e agora eles vão sentir falta do papai, que vai ter que concentrar toda semana, então vamos que vamos, porque só foi um terço da temporada, ainda temos dois terços, tenho certeza que posso ajudar muito a equipe.

E Luan retornou justamente em um duelo com um dos principais adversários do campeonato, que também brigava pela liderança contra o Verdão. Para o zagueiro, no entanto, isso não altera em nada o seu retorno, já que se sentia preparado para qualquer que fosse o oponente neste domingo. Agora o objetivo é pensar no Botafogo.

- Estava preparado para jogo, independentemente do adversário, são coisas que a gente não controla, eu controlo minhas ações e estava totalmente ciente do que eu precisava para fazer um bom jogo, acredito que fiz, respeitando sempre os adversários, eles têm muita qualidade, tínhamos que seguir nosso plano de jogo, e foi seguido. Uma pena não termos conseguido a vitória, mas não temos tempo para lamentar, descansar hoje e amanhã já pensar no Botafogo, que eu tenho certeza que vai ser um grande jogo - ponderou.

Por fim, Luan foi perguntado se fica preocupado com a concorrência nesse retorno ao time, já que seus substitutos corresponderam à altura nesse período e aumentaram o sarrafo para a zaga alviverde. Para o defensor, porém, essa "dor de cabeça" é de Abel Ferreira.

- Me senti bem, cada vez mais, óbvio que todo jogador gosta de jogar, vinha numa sequência muito boa, futebol é feito de oportunidades, os atletas tiveram as suas e foram bem, o professor é muito bem capacitado para escolher os melhores 11 para cada jogo. Sabemos que todos teremos oportunidades e eu vou estar ali batalhando pela minha, respeito as decisões do professor, mas claro que todo jogador quer jogar - concluiu.

Luan deve ser titular novamente na próxima quinta-feira, às 19h, diante do Botafogo, pela décima rodada do Brasileirão-2022. O Palmeiras é o segundo colocado na tabela com 16 pontos, dois atrás do Corinthians, que reassumiu a liderança do campeonato nacional.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários