Técnico da seleção ucraniana pediu para lutar na guerra, mas foi barrado
Lance!
Técnico da seleção ucraniana pediu para lutar na guerra, mas foi barrado


A seleção ucraniana entra em campo nesta quarta-feira , às 15h45, para se manter viva por uma vaga na Copa do Mundo. Técnico da equipe, Oleksander Petrakov quase deixou o comando do time no início do ano para se alistar nas forças armadas para lutar na guerra contra a Rússia.

+ Conmebol detalha datas e onde assistir aos jogos das oitavas da Libertadores

De acordo com o 'UOL', Petrakov, de 64 anos, foi impedido pelas forças armadas da Ucrânia para lutar na guerra por ser 'muito velho'. Com isso, o treinador segue com a seleção do país, que enfrenta a Escócia, fora de casa, na repescagem das Eliminatórias para a Copa do Mundo.

+ Ronaldinho revela antigo desejo de vestir camisa de gigante brasileiro

- Seria errado se eu fugisse da cidade onde nasci, mas eles disseram: 'Você é muito velho e não tem nenhuma habilidade militar. Em vez disso, é melhor você nos levar para a Copa do Mundo - disse Petrakov à revista 'Time'.

+ Tem novo líder! Veja a Classificação da Zoeira da 8ª rodada do Brasileirão

Petrakvoc treina as seleções de base da Ucrânia desde 2011 e assumiu o elenco principal após a saída de Shevchenko, em agosto do ano passado. Se vencer a Escócia nesta quarta, a Ucrânia encara País de Gales, no domingo, valendo vaga no Grupo B do Mundial do Qatar, que tem Inglaterra, Irã e Estados Unidos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários