Na web, torcida do Flamengo critica Paulo Sousa e relembra antecessor Renato Gaúcho
Lance!
Na web, torcida do Flamengo critica Paulo Sousa e relembra antecessor Renato Gaúcho


A torcida do Flamengo resolveu pegar no pé de Paulo Sousa nas redes sociais após a derrota para o Botafogo neste domingo , pelo Brasileirão. O comandante foi parar nos assuntos mais falados do Twitter e gerou uma comparação com Renato Gaúcho, seu antecessor. Jorge Jesus também foi lembrado e se tornando um dos assuntos mais falados do Brasil , principalmente após a bombástica entrevista do meio de semana.

Alguns torcedores afirmaram que Renato Gaúcho foi demitido do cargo 'por muito menos' e um deles chegou a dizer que Paulo Sousa seria uma versão lusitana do antecessor.

- É um Renato Gaúcho português - disse um perfil.

- O Renato Gaúcho caiu por menos. O Rogério Ceni caiu por muito menos. Um técnico que não entende nada de bola, já fez mil invenções e o time não melhora. Se fosse brasileiro, já tinha caído na final do Carioca. Fora Paulo Sousa! - esbravejou outro.

- Cara, que time horrível! David Luiz jogando no ataque! Time todo desconjuntado taticamente! Irmão, não há diferença nenhuma do trabalho do Renato Gaúcho pra isso que o Flamengo do Paulo Sousa jogou hoje! - comentou outro perfil.

O Jogo
O primeiro clássico carioca no Brasileiro 2022 foi realizado em Brasília, no Estádio Mané Garrincha, contando com apimentados temperos na hora do almoço deste domingo. E, em jogo eletrizante até o fim, deu Botafogo, que venceu o Flamengo por 1 a 0, pela quinta rodada, com gol de Erison, e se distanciou do arquirrival na tabela, pois chegou a oito pontos e abriu três em relação ao Rubro-Negro. Ainda quebrou um longo jejum - não vencia o Fla desde 2018.

A segunda metade do primeiro tempo foi de imposição do Fla e ficou marcada pelos duelos Gabigol x Gatito e uma polêmica em relação ao VAR. O paraguaio se viu mano a mano com o atacante, que parou no goleiro na oportunidade mais clara até então.

Logo em seguida, na casa dos 25 minutos, Gabi guardou na rede, mas o gol foi anulado. Mas com polêmica, já que houve bronca pelo VAR ter, supostamente, traçado as linhas em momento equivocado em relação ao toque do Everton Ribeiro.

Gabigol ainda teve outro confronto individual com Gatito, nos acréscimos, mas o camisa 1 defendeu o chute cruzado.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários