Cruzeiro derrota o Grêmio em Belo Horizonte e chega à vice-liderança da Série B do Brasileirão
Staff Images/Divulgação
Cruzeiro derrota o Grêmio em Belo Horizonte e chega à vice-liderança da Série B do Brasileirão


Dois dos clubes mais tradicionais do futebol brasileiro se enfrentaram pela Série B do Brasileirão neste domingo. Melhor para o Cruzeiro, que, jogando em casa, no Independência, derrotou o Grêmio por 1 a 0 e chegou aos 13 pontos, assumindo a vice-liderança da competição. O Imortal continua no G4, com dez pontos, em 4º.

Os times protagonizaram um duelo no nível que se esperava, com muita luta e disposição tática e física. O Cruzeiro, ao conseguir seu gol (Rodrigo Ferreira, contra), não se trancou atrás e manteve a busca por ampliar o marcador, enquanto o Grêmio tentava furar a bem postada defesa cruzeirense.

O goleiro Rafael Cabral disse que vencer o Grêmio seria um recado para o rivais da Série B que a Raposa estaria forte na competição na luta pelo acesso. E o recado foi bem dado.

Agora, o Cruzeiro volta a campo pela Série B no próximo domingo (15) contra o Náutico, no Aflitos. Já o Grêmio encara o Ituano, em Itu, na segunda-feira, 16, às 20h. Antes, o Cruzeiro tem o duelo de volta pela Copa do Brasil contra o Remo, quinta-feira, 12, em Belo Horizonte.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA


CRUZEIRO 1 X 0 GRÊMIO

Data: 8 de maio de 2022
Horário: 16h (de Brasília)
Local: Independência, Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Luiz Alberto Andrini Nogueira (ambos de SP)
VAR: Vinicius Furlan (SP)
Gol: Rodrigo Ferreira(contra), aos 26’-1ºT(1-0)
Cartões amarelos : Zé Ivaldo (CRU), Geovane(CRU), Villasanti*GRE), Lucas, Silva (GRE)
Cartões vermelhos :-

CRUZEIRO (Técnico: Paulo Pezzolano)

Rafael Cabral; Zé Ivaldo (Wagner Leonardo, aos 20’-2ºT), Oliveira e Eduardo Brock; Geovane (Rômulo, aos 12’-2ºT), Willian Oliveira, Neto Moura e Matheus Bidu (Rafael Santos, aos 35’-2ºT); Luvannor (Mitcov, aos 20’-2ºT), Jajá e Edu (Waguininho, aos 35’-2ºT) .


GRÊMIO (Técnico: Gilson Kleina)

Brenno; Rodrigo Ferreira, Pedro Geromel, Bruno Alves e Diogo Barbosa; Villasanti, Lucas Silva (Gabriel Silva-intervalo ) e Bitello (Campaz, aos 32’-2ºT); Elias (Janderson, aos 24’-2ºT), Diego Souza (Elkeson, aos 24’-2ºT) e Gabriel Teixeira (Ricardinho, aos 32’-2ºT)

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários