Corinthians pode sonhar com a aquisição em definitivo do meia Maycon
Fábio Lázaro
Corinthians pode sonhar com a aquisição em definitivo do meia Maycon


É difícil, mas dá para o Corinthians sonhar em ter o meia Maycon mesmo após o fim do empréstimo com o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, que acontece em dezembro deste ano.

> GALERIA - Veja todos os técnicos estrangeiros da história do Timão
> TABELA - Confira e simule os jogos do Corinthians no Brasileirão

O Diretor Financeiro corintiano, Wesley Melo, explicou que uma movimentação como essa passaria por um estudo administrativo, de planejamento e que também pelo departamento de futebol corintiano.

- Sobre o Maycon, existe a possibilidade de aquisição. O que a gente faz é, se o professor precisa tecnicamente daquele jogador, indica, vê como fundamental, o presidente Duílio entenda que é importante, ele demanda para que eu faça as contas, para saber se da para fazer um planejamento financeiro ou se o passo é maior que a perna. Essa análise é sempre feita individualmente e sempre levando em consideração o orçamento, posição de caixa e planejamento estratégico. É possível contratar um jogador desse nível? É possível. Vamos fazer as contas, se couber no nosso orçamento a decisão é do presidente, mas ele é inteligente e só vai tomar uma decisão se tiver condições de pagar – destacou Wesley Melo em entrevista coletiva concedida na última sexta-feira (6).

O Corinthians segue um momento de austeridade financeira, mesmo com o superavit orçamentário de R$ 5,6 milhões e a redução de 4% na dívida, o seu endividamento segue superior a R$ 900 milhões. Até por isso, desde o início da gestão atual, presidida por Duílio Monteiro Alves, a estratégia de mercado adotada pelo futebol é a busca por jogadores livres de contrato, para que não seja necessário pagamento de direitos econômicos, ou até mesmo situações de empréstimo como a de Maycon.

Contudo, o camisa 5 poderia ser o primeiro jogador da atual administração corintiana ‘abrir exceção’, devido a sua importância desde o retorno ao clube alvinegro, no fim de março.

Um fator que pode pesar positivamente para uma possível movimentação de marcado para aquisição de Maycon pelo Corinthians, no fim do ano, é um controle financeiro grande durante esta temporada e uma previsão orçamentária para 2023 que caiba investimentos.

Por outro lado, o meia tem contrato com o Shakhtar até dezembro de 2025 e saiu do clube europeu por um momento extremo, que é o conflito entre ucranianos e russos. O período vivido pelo volante no Velho Continente era um dos melhores desde a chegada do atleta, em 2018, e por tudo isso dificilmente o clube de Donestk irá se desfazer com facilidade do jogador.

Enquanto isso, Maycon segue demonstrando importância para o Timão. Em seu retorno, o corintiano fez oito jogos, somente um entrando no decorrer do jogo, justamente a sua reestreia pelo Timão, contra o Always Ready, na Bolívia. Além disso, marcou os dois gols da vitória corintiana por 2 a 0 sobre o Boca Juniors, da Argentina, pela Libertadores, na primeira vez que o jogador fez um ‘doblete’ na carreira.

Transitando entre a primeira e a segunda faixa do meio-campo, Maycon tem apresentado ao Corinthians um leque raro, que une boas condições físicas como alta qualidade técnica.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários