Corinthians e Flamengo somam um terço da renda bruta do Brasileirão
Alexandre Guariglia
Corinthians e Flamengo somam um terço da renda bruta do Brasileirão


O Brasileirão-2022 já tem quatro rodadas completadas (com exceção de Fortaleza x Ceará, adiado na terceira rodada) e seus jogos têm recebido um público interessante, com média de 19,2 mil pagantes por partida. Agora, sucesso de renda quem tem tido é a dupla Corinthians e Flamengo , que juntos já faturaram quase R$ 10 milhões com bilheteria, o que representa um terço da arrecadação total.

GALERIA
> Quais clubes mais gastaram com futebol no Brasil em 2021? Veja

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Por uma diferença de pouco mais de R$ 260 mil para o Timão, o Fla é o líder no ranking de renda bruta do campeonato. São os dois únicos que já ultrapassaram a marca de R$ 4 milhões de faturamento em duas partidas em casa, ou seja, a média de renda está na casa dos mais de R$ 2 milhões por jogo, quase o dobro dos concorrentes.

Até aqui, o Flamengo soma R$ 4.830.369,00 em renda bruta, enquanto o Corinthians acumulou R$ 4.569.015,40 até aqui. Juntos, eles arrecadaram R$ 9.399.384,40. Nesse ritmo, em seus próximos duelos em casa, a dupla superará a casa dos R$ 14 milhões.

Se somarmos a renda bruta dos 20 clubes do Brasileirão até aqui, teremos R$ 28.624.098,06. Dessa forma, o que o Rubro-Negro e o Timão acumularam juntos representa 32,8% do total, ou seja, praticamente um terço. A cada três reais arrecadados com bilheteria no campeonato, um é de torcedores flamenguistas e/ou corintianos.

Em termos de público pagante, a dupla também lidera a lista, mas com o Flamengo bem à frente nesse quesito, com 115.910 pagantes (média de 57.955 por jogo), contra 67.077 (média de 33.539 por jogo) do Corinthians, que é seguido de perto pelo Botafogo, com o total de 65.856 pagantes e média de 32.928 por partida como mandante.

A explicação para estarem tão próximos em renda, mas distantes em público pagante é que o Flamengo cobra um ingresso mais barato em média (R$ 41,67) do que o Corinthians (R$ 68,12), resultando em uma diferença de R$ 26,45 no bilhete pago na Neo Química Arena.

Confira os números citados acima:

Renda Bruta Total do Brasileirão-2022: R$ 28.624.098,06
Renda Bruta Corinthians + Flamengo: R$ 9.399.384,40

Ranking de Renda Bruta do Brasileirão-2022 (após 4 rodadas)

1) Flamengo - R$ 4.830.369,00
2) Corinthians - R$ 4.569.015,40
3) Botafogo - R$ 2.534.125,00
4) Palmeiras - R$ 2.493.541,23
5) Internacional - R$ 2.350.391,00

Média de Renda Bruta: R$ 733.951,00 por jogo

Ranking de Público Pagante do Brasileirão-2022 (após 4 rodadas)

1) Flamengo - 115.910 pagantes
2) Corinthians - 67.077 pagantes
3) Botafogo - 65.856 pagantes
4) São Paulo - 57.370 pagantes
5) Ceará - 56.945 pagantes

Média de público pagante: 19.222 pagantes por jogo

Ranking de Ingresso Médio do Brasileirão-2022 (após 4 rodadas)

1) Atlético-GO - R$ 84,00
2) Corinthians - R$ 68,12
3) Palmeiras - R$ 48,82
4) Internacional - R$ 44,69
5) Flamengo - R$ 41,67

Preço médio do Ingresso no Brasileirão-2022: R$ 38,18

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários