Conmebol promove mudanças nas punições de casos de racismo
Lance!
Conmebol promove mudanças nas punições de casos de racismo


A Conmebol promoveu mudanças no Código de Disciplina com novas punições aos casos de racismo. A entidade propôs multiplicar a multa aos clubes e incluir jogos com portões fechados. A informação é do site ‘ge’.

> Presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues propõe perda de pontos a clubes em casos de racismo

Vale lembrar que na última semana, cinco episódios de racismo foram sofridos por brasileiros em partidas da Libertadores. Houve os casos envolvendo a torcida do River Plate contra a do Fortaleza, do Emelec contra o Palmeiras, do Boca Juniors contra o Corinthians, do Estudiantes contra o Bragantino e da Universidad Católica contra o Flamengo.

A multa atual aos clubes é de 30 mil dólares (R$ 100 mil). Com a mudança proposta, o valor aumentaria para 100 mil dólares (R$ 500 mil). A entidade também propôs jogos com portões ou setores fechados como uma nova forma de punição.

As federações integrantes da Conmebol têm até o dia 09, segunda-feira, para se posicionarem a favor ou contra a proposta. As medidas só passarão a valer caso todos os dez países votarem a favor.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários