Camacho e Sandry se destacam nos desarmes contra a Universidad Católica
LANCE!/DIARIO DO PEIXE
Camacho e Sandry se destacam nos desarmes contra a Universidad Católica


O técnico Fabián Bustos colocou um time misto para encarar a Universidad Católica, no Equador, pela quarta rodada da Copa Sul-Americana. O Peixe conseguiu vencer por 1 a 0 e aumentos suas chances de classificação para próxima fase da competição.

No meio-campo, o treinador argentino colocou, além de Willian Maranhão, Camacho e Sandry de volta ao time titular. E a dupla foi fundamental para ajudar a proteger o sistema defensivo e impedir que a bola chegasse ao gol de John.

Em relação ao camisa 6, foram 54 toques, 29 passes certos, 4 bolas longas, 9 duelos ganhos, 2 cortes, 2 interceptações, 8 desarmes e apenas duas faltas cometidas. Camacho também conseguiu bons números. 53 toques, 29 passes certos, 3 bolas longas, 6 duelos, 1 cortes, 1 interceptações, 6 desarmes e zero faltas cometidas durante o jogo.

Esses números, apresentados pelo SofaScore, mostram que, juntos, Camacho e Sandry conseguiram 14 desarmes. Os números são considerados positivos se for colocar na balança o fato do time mandante ter ficado com 66% de posse de bola, mas não conseguiram apresentar grande perigo. Apenas dois chutes foram diretos ao gol de John. Outros 20 foram para fora, sem perigo.

- O ponto alto é que fomos seguros defensivamente. Fizemos um bom trabalho no meio-campo também. Começamos, a partir do minuto 15 do segundo tempo, com as mudanças, sentir mais energia. O trabalho técnico foi o que pensamos, dar a bola para os laterais cruzarem, e nós estarmos firmes na área. Nossa parte era controlar o perigo que a Católica ia oferecer e aproveitar os contra-ataques - disse o técnico Fabián Bustos após o jogo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários