Douglas Souza revela curiosidades sobre a carreira e comenta saúde mental: 'Comecei a me sentir sozinho'
Lance!
Douglas Souza revela curiosidades sobre a carreira e comenta saúde mental: 'Comecei a me sentir sozinho'


Além de ser um grande jogador de vôlei, Douglas Souza também é bem ativo nas redes sociais . Após os Jogos Olímpicos de Tóquio, no ano passado, se tornou um influenciador de ponta no país. Nesta semana, Douglas concedeu entrevista para o GQ Esporte Clube e contou curiosidades sobre a carreira no esporte, habilidade com a dança e a vida pessoal.

+ Ex-jogadora da Superliga de vôlei é uma das participantes da nova temporada de 'No Limite'

Em março deste ano, Douglas foi anunciado como novo participante do "Dança dos Famosos". O atleta explicou que sempre foi muito próximo da música e revelou que já acompanhava o programa.

- Eu tinha acabado de voltar da Itália quando o meu nome foi indicado, mas eu não tinha dado tanta importância, vários nomes seriam sugeridos, influenciadores, gente famosa, não estava dando muito bola. Mas eu fiquei muito feliz que deu certo. Eu cresci assistindo o programa na televisão e agora estar participando, está sendo uma experiência louca. É muito difícil, mas é gratificante quando vê o produto final. Eu assisto todas as apresentações, eu amo fazer parte do processo - disse Douglas.

Antes de ser anunciado no programa, o atleta disse que estaria se aposentando da Seleção Brasileira para cuidar da saúde mental.

- Eu comecei a me sentir sozinho. Eu sentava durante o café da manhã, no almoço, no jantar, e mesmo com todo mundo ali, eu me sentia muito sozinho. Na época, não tinha noção do que estava acontecendo, mas sabia que tinha alguma coisa de errado e que seria algo pra dar atenção futuramente. Mas eu deixei de lado, queria forcar em estar nas Olimpíadas. E a Liga foi o primeiro lugar onde eu senti isso, mesmo rodeado de pessoas, não me sentia bem. Não tinha relação alguma com as pessoas ao meu redor, eu simplesmente sentia solidão e não sabia o motivo - revelou o atleta.

Apesar da situação, Douglas disse que ainda pretende retornar para as quadras. O jogador afirmou que atuará na Superliga no Brasil em breve.

- O vôlei é e sempre vai ser prioridade na minha vida. Assim que eu voltei da Itália, eu falei que iria jogar no Brasil. Poderiam me oferecer o dinheiro que fosse, mas aqui é o meu lugar. Acabando o Dança, eu vou voltar a treinar, me condicionar fisicamente pra jogar a próxima Superliga no Brasil em algum clube de São Paulo. Assim, eu fico próximo dos meus amigos, família, e esse suporte é muito importante pra mim. Eu sou muito comunicativo, adoro ir em evento, festa, reality, mas também sou atleta, adoro a rotina de treinar e jogar. Pra mim, tudo isso faz parte do Douglas - disse o atleta.

Ao longo da carreira, Douglas passou por clubes como Pinheiros, São Bernardo, Sesi-SP, Taubaté e Vibo Valentia. Foi campeão olímpico com a Seleção Brasileira em 2016, já recebeu MVP em três competições foi o segundo melhor atacante do Mundial de voleibol masculino. Atualmente com 26 anos, Douglas ainda tem muito para oferecer dentro das quadras.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários