Nos acréscimos, Náutico arranca empate do Guarani nos Aflitos
Futebol Latino
Nos acréscimos, Náutico arranca empate do Guarani nos Aflitos


Em compromisso válido pela quinta rodada da Série B onde cada time foi dono de um dos tempos, Náutico e Guarani acabou tendo seu marcador definido graças a um gol nos acréscimos onde Amarildo sacramentou o 1 a 1. Bruno José havia inaugurado a contagem na primeira etapa.

O placar nos Aflitos deixou os donos da casa em sétimo lugar com sete pontos ganhos enquanto a equipe de Campinas ocupa a 15ª colocação com cinco unidades.

>Calleri e Léo Gamalho são eleitos os craques da rodada

BUGRE SE RECUPEROU DO BAQUE

A primeira chance mais perigosa da partida até foi criada pelos donos da casa quando a cabeçada de Léo Passos obrigou o goleiro Kozlinski a fazer excelente intervenção. Todavia, depois disso, a composição de meio-campo do Bugre começou a se impôr diante do Alvirrubro e, aos poucos, foi criando oportunidades de abrir a contagem até fazer valer seu momento de superioridade.

Depois de bola vinda da defesa após batida de tiro de meta, o ataque do Guarani ganhou a disputa física e, com Júlio César tocando para Eduardo Person, o camisa 8 rapidamente acionou Bruno José. Cara a cara com Lucas Perri, o atacante bateu de pé esquerdo, no canto oposto, inaugurando o placar em Recife.

E CABIA MAIS

Com a manutenção da consistência na etapa inicial, o Guarani podia não ser a equipe com mais tempo de posse, mas se mostrava mais eficiente quando a possuia no aspecto da movimentação e troca de passes precisos na armação das jogadas. Através dessa consistência, o time de Campinas teve uma ótima chance de ampliar quando Bruno José recebeu dentro da grande área e, ao tocar tirando de Perri, viu o lateral-direito Thassio atuar como verdadeiro salvador, interceptando a finalização.

FOI SOFRIDO...

Também pela necessidade de recuperação na partida, o Náutico mostrou uma mudança de postura na etapa complementar onde os visitantes ficaram mais retraídos, tendo de marcar mais próximos a sua meta do que conseguiam no segundo tempo.

E, se de um lado as jogadas de contra-ataque não aconteciam para o Bugre aproveitar maiores espaços (exceção feita ao escape de Ronald que parou no corte providencial de Ralph com o gol vazio), o Timbu ia melhorando sua pontaria nas finalizações. Chegando, inclusive, a forçar duas boas defesas de Kozlinski e acertar tanto a trave como o travessão do time paulista.

...MAS O GOL SAIU

Apesar da evolução do adversário confronto, o Guarani conseguia resistir as investidas do time pernambucano e, em meio as dificuldades, arrancava sua segunda vitória na Série B até aos 49 minutos. Porém, em bola alçada na área, Kozlinski errou na saída pelo alto e, na cabeçada de Amarildo, a bola balançou as redes para decretar a igualdade.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA
NÁUTICO 1 x 1 GUARANI

Local:
Estádio dos Aflitos, em Recife (PE)
Data e hora: 03/05/2022 - 21h30 (de Brasília)
Público: 4294 pessoas
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
​Assistentes: Jean Marcio dos Santos e Lorival Candido das Flores (ambos RN)
​Cartões amarelos: Leandro Carvalho, Carlão (NAU); Matheus Pereira, Eduardo Person, Diogo Matheus (GUA)
Cartões vermelhos: Leandro Carvalho (NAU)

GOLS: Bruno José (20'/1°T) (0-1); Amarildo (49'/2°T) (1-1)

NÁUTICO (Técnico: Roberto Fernandes)

Lucas Perri; Thassio (Victor Ferraz, no intervalo), Carlão, Bruno Bispo e Júnior Tavares; Rhaldney, Eduardo (Ralph, no intervalo) e Jean Carlos; Niltinho (Pedro Vitor, no intervalo), Léo Passos (Amarildo, aos 32'/2°T) e Luis Phelipe (Evandro, aos 32'/2°T).

GUARANI (Técnico: Daniel Paulista)

Kozlinski; Diogo Mateus, João Victor, Ronaldo Alves e Matheus Pereira (Eliel, aos 25'/2°T); Leandro Vilela, Rodrigo Andrade (Índio, no intervalo) e Eduardo Person (Derlan, aos 33'/2°T); Bruno José (Yago, aos 33'/2°T), Nicolas Careca e Júlio Cesar (Ronald, no intervalo).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários