Bastidores: Luís Castro foi contra Botafogo inverter mando contra o Flamengo
Sergio Santana
Bastidores: Luís Castro foi contra Botafogo inverter mando contra o Flamengo


Após dias de incógnita, o martelo foi batido e Flamengo x Botafogo , pela 5ª rodada do Brasileirão, será em Brasília . Sem poder contar o Maracanã, o Rubro-Negro inicialmente ofereceu uma inversão de mando com o Alvinegro, que recusou. A opção restante foi sair do Rio de Janeiro.

+ VÍDEO: Jorge Jesus fica de pé para registrar festa da torcida do Botafogo no Nilton Santos

A questão é que, nas primeiras conversas, o Botafogo até inclinou de forma positiva ao pedido do Flamengo em colocar a partida no Estádio Nilton Santos. A postura decisiva para a decisão foi de Luís Castro: o treinador não concordou com a mudança e gerou a palavra final do Glorioso.

Nas negociações, a diretoria do Glorioso entendia que a possível inversão poderia vir a calhar por questões logísticas. Com o jogo no Nilton Santos, o Botafogo emendaria três jogos em casa e evitaria mais uma viagem.

+ VEJA A TABELA DO BRASILEIRÃO

A diretoria do Botafogo entendia que, inicialmente, esse era um plano viável e até chegou a dar uma primeira impressão positiva ao Flamengo. A questão é que Luís Castro rechaçou a possibilidade desde o primeiro momento quando soube do negócio.

Para o treinador, a inversão do mando de campo não fazia sentido e não deveria ir para frente. Dito e feito. Apesar da avaliação inicial, essa virou a posição inicial do Botafogo por respeitar e concordar com a visão do técnico do time. O português considerou que o regulamento deveria ser seguido.

A partir disso, o Botafogo passou a acenar negativamente com o pedido do Flamengo e a trajetória das conversas mudou. Brasília, então, apareceu como a opção mais viável.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários