Cruzeiro faz bom jogo, vence a Chape fora de casa e termina rodada no G4 da Série B pela 1ª vez desde 2020
Valinor Conteúdo
Cruzeiro faz bom jogo, vence a Chape fora de casa e termina rodada no G4 da Série B pela 1ª vez desde 2020


O Cruzeiro conquistou uma grande vitória sobre a Chapecoense por 2 a 0, gols de Geovane e Edu, pela quinta rodada da Série B do Brasileirão. Foi o primeiro triunfo da Raposa longe de seus domínios no campeonato, no duelo deste sábado, 30 de abril, pela quinta rodada da competição.

Com maior volume de jogo, o resultado foi merecido diante de uma Chape “covarde”, sem força ofensiva, querendo manter o empate no jogo, que sofreu em qualidade pelas fortes chuvas em Chapecó.

O resultado trouxe uma marca inédita para a Raposa: terminou uma rodada inteira no G4 pela primeira vez desde 2020, quando começou a jogar a segunda divisão nacional. A equipe azul está na terceira posição com 10 pontos, mesma pontuação de Grêmio e Bahia, mas perde para os rivais nos critérios de desempate.

A Chape se manteve no G4, com oito pontos, mas perdeu posições em relação à rodada passada. O time catarinense não venceu na Arena Condá nesta edição da Série B.

Bom volume de jogo da Raposa, mas chuva atrapalhou muito

Apesar da intensa chuva em Chapecó, o Cruzeiro teve chances de abrir o placar em várias chances. Edu perdeu uma chance incrível , mas o gol azul estava amadurecendo, pois a equipe de Pezzolano agrediu mais, quis mais o jogo do que a Chape.

Covardia da Chape no jogo e insistência do Cruzeiro

O time catarinense, que ainda não venceu em casa, não tomava a iniciativa do jogo, ofertando a bola quase tempo todo para a Raposa, que merecia estar à frente no placar.

Geovane coloca a Raposa no G4

O gol do bom lateral cruzeirense, aos 37 minutos do segundo tempo, fez o time mineiro terminar uma rodada inteira no G4 pela primeira vez desde 2020, quando começou sua saga na Série B.

Edu, o “cheira gol”, confirma os três pontos para a Raposa

O atacante voltou ao time titular, que chegou aos 12 gols na temporada, sendo dois na Série B, marcando um gol importantíssimo, que garantiu os três pontos e a primeira vitória fora de casa na Série B 2022. O avante foi a melhor contratação do Cruzeiro em 2022.

De grão em grão a Raposa “enche o papo” de pontos

A equipe de Paulo Pezzolano tem força nos jogos, não se entrega e consegue marcar poucos, mas importantes gols na sua busca pelo retorno à elite nacional, sonho dos últimos três anos.



Próximos jogos

O Cruzeiro encara o Grêmio, no domingo, 8 de maio, às 16h, em Belo Horizonte. Já a Chape terá pela frente o Brusque, na quinta-feira, 5, às 21h, fora de casa.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

CHAPECOENSE 0 X 2 CRUZEIRO
Data: 30 de abril de 2022
Horário: 19h (de Brasília)
Local: Arena Condá, Chapecó (SC)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Luiz Alberto Andrini Nogueira (ambos de SP)
VAR: Daniel Nobre Bins (RS)
Gols: Geovane, aos 37’-2ºT(0-1), Edu, aos 44’-2ºT(0-2)
Cartões amarelos: Betinho (CHA), Xandão(CHA), Rodolfo (CHA), Gilson Kleina(Téc CHA), Guilherme Rend(CHA)
Cartões vermelhos:



CHAPECOENSE (Técnico: Gilson Kleina)
Vagner; Ronei, Léo, Victor Ramos e Fernando; Betinho (Guilherme Rend-intervalo), Matheus Bianqui e Lima (Rodrigo Varanda, aos 13’-2ºT); Orejuela (Jonathan,aos 32’-2ºT), Perotti (Derek, aos 13’-2ºT) e Maranhão (Xandão-intervalo).


CRUZEIRO (Técnico: Paulo Pezzolano)
Rafael Cabral; Eduardo Brock, Zé Ivaldo, Oliveira e Matheus Bidu (Rafael Santos, aos 26’-2ºT); Willian Oliveira, Neto Moura (Adriano, aos 31’-2ºT) e Leonardo Pais (Geovane, aos 31’-2ºT), Jajá (Daniel Júnior, aos 26’-2ºT), Luvannor (Rodolfo, aos 14’-2ºT), e Jajá

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários