Duelo contra Ponte Preta pode ser virada de chave para o Vasco deslanchar e aliviar pressão
Matheus Guimarães
Duelo contra Ponte Preta pode ser virada de chave para o Vasco deslanchar e aliviar pressão


Nas três primeiras rodadas da Série B do Campeonato Brasileiro, o Vasco só empatou e, consequentemente, somou apenas três pontos. Com isso, a pressão em cima do técnico Zé Ricardo, que já era grande desde o Campeonato Carioca, aumentou e o ambiente de trabalho em São Januário foi impactado de forma negativa. Contra a Ponte Preta, somente a vitória interessa para virar essa chave na Colina e o time deslanchar no Brasileirão.

> Confira a tabela da Série B do Brasileirão

> Melhora na finalização e novos protagonistas para reencontro com a vitória na Série B

Na entrevista coletiva desta terça-feira, o zagueiro Anderson Conceição pontuou que, com o triunfo sobre a Ponte Preta, o Gigante será aliviado. Assim, o elenco começará a caminhar bem na competição.

- Acredito que amanhã será uma virada de chave. Estamos trabalhando muito focados e determinados em conseguir essa primeira vitória, para dar esse alívio, tirar esse fardo e conseguir deslanchar na competição, que é o mais importante. A equipe está muito comprometida e está encaixando pouco a pouco. É um processo e eu creio que com essa primeira vitória a gente vai conseguir caminhar bem na Série B - avaliou o zagueiro vascaíno.

> Torcida do Vasco se reúne com dirigentes e jogadores; Conceição comenta: 'Nos cobrar e nos apoiar'

> 'Acreditamos no trabalho': Anderson Conceição reforça confiança em Zé Ricardo no comando do Vasco

O Cruz-Maltino pode reencontrar o caminho das vitórias com a entrada e entrosamento das apostas contratadas, como Palacios, Erick e Zé Santos. O chileno, que chegou como promessa devido as performances positivas pelo Unión Española, clube que o revelou, vive a expectativa de ser relacionado e atuar alguns minutos na partida desta quarta-feira.

Já os outros dois, que foram destaques nos estaduais do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, respectivamente, jogaram nos dois últimos jogos e estão em busca de entrosamento. Inclusive, o primeiro deles chegou a ser titular no empate em 0 a 0 com a Chapecoense e a tendência é que seja mantido como titular.

O encaixe dos recém-contratados, numa divisão de responsabilidades bem determinada e estruturada dentro de campo, pode ser um dos caminhos para o Vasco voltar a vencer e triunfar na Série B do Brasileirão. Afinal, todos mostraram qualidade antes de chegarem ao Rio de Janeiro e, para desempenharem da mesma maneira, precisam de minutagem.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários