Vítor Pereira justifica ausência de Luan no Corinthians em estreia na Copa do Brasil: 'Nível'
Lance!
Vítor Pereira justifica ausência de Luan no Corinthians em estreia na Copa do Brasil: 'Nível'


O técnico Vítor Pereira justificou o motivo de não ter colocado o meia Luan no empate do Corinthians em 1 a 1 com a Portuguesa-RJ , na última quarta-feira (20), pela partida de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

> GALERIA - Veja todos os técnicos estrangeiros do Corinthians
> TABELA - Confira os jogos do Timão no Brasileirão

O meia-atacante foi relacionado pela primeira vez desde o dia 17 de março, porque se recuperava de um problema no quadril.

E foi justamente os poucos treinamentos o motivo que o camisa 7 não entrou contra a Lusa carioca, segundo VP.

- Luan tem muito tempo. Ele fez um treino acho, no máximo dois. O Luan tem que estar no nível para poder expressar as qualidades que tem – disse o treinador corintiana em entrevista coletiva após a partida.

Outra questão levantada por Vítor foi a condição dos atletas. Segundo o técnico do Timão, o atacante Gustavo Mosquito, que foi titular, esteve gripado nos dias que antecederam a partida e não teve condições de atuar o jogo inteiro.

Com a saída do camisa 19, a escolha foi o garoto Wesley, que fez a sua estreia como profissional.

- Tivemos o Gustavo (Mosquito) com gripe, uma série de jogadores. E o Gustavo (Mosquito) chegou em uma altura do jogo e pediu para sair, estava morto. Precisávamos de um cara que fizesse o corredor, e o Wesley é explosivo, é bom jogador. Faz parte do futuro desse clube. Vai para cima. É uma aposta natural – comentou Vítor Pereira.

Luan não entra em campo há mais de dois meses. A última vez foi no empate em 1 a 1 do Timão com o Botafogo-SP, em Ribeirão Preto, pela primeira fase do Paulistão. Na ocasião, o então treinador interino Fernando Lázaro levou a campo um time alternativo e deu a chance para o meia-atacante ser titular.

Foi a única vez que o camisa 7 começou jogando uma partida nesta temporada. Ele entrou em outros dois jogos do Paulistão, contra Santo André e São Bernardo, e totaliza menos de 90 minutos em campo no total em 2022.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários