Reforço do Corinthians, Rafael Ramos diz que gosta de desafios e fala sobre concorrência na lateral
Lance!
Reforço do Corinthians, Rafael Ramos diz que gosta de desafios e fala sobre concorrência na lateral


Apresentado no Corinthians nesta sexta-feira (15), o lateral-direito português Rafael Ramos vestirá a camisa número 21 do clube alvinegro.

Aos 27 anos, o atleta defenderá o seu quarto clube como profissional. Antes, o jogador passou pelo Orlando City, dos Estados Unidos, Twente, da Holanda, e Santa Clara, de Portugal, onde estava antes de fechar com o Timão.

> TABELA - Confira e simule os jogos do Timão no Campeonato Brasileiro
> GALERIA- Veja todos os técnicos estrangeiros do Corinthians


- Eu gosto muito de desafio, por isso mesmo tive a carreira que tenho. Saí para os Estados Unidos, voltei para Europa, na Holanda, voltei ao meu país, para Portugal, e agora foi exatamente isso (desafio), vim para um país diferente, que eu não conheço, competições completamente diferentes e um clube é enorme, é claro, que disputa todas as competições. Era um objetivo que eu tinha, estar em um clube grande, e foi dada essa oportunidade no Corinthians – disse o lateral em sua entrevista coletiva de apresentação.

No Brasil desde a semana passada, Rafael Ramos só teve a sua situação regularizada na última terça-feira (12), data limite para inscrições de atletas na janela nacional.

No entanto, no período em que já estava em território brasileiro, aproveitou para conhecer a estrutura corintiana e esteve na Neo Química Arena acompanhando in loco a vitória do Timão por 1 a 0 sobre o Deportivo Cali, da Colômbia, pela Libertadores, na última quarta-feira (13).

O jogador admitiu que ficou impressionado, tanto com as condições físicas oferecidas pelo Corinthians, quanto com a Fiel Torcida.

- Eu sei que (o Corinthians) é um clube gigante. Quando era gigante e jogava no Playstation, as vezes usava. Clube muito grande no Brasil. Não conhecia as instalações, o CT. Já conheci a Arena e adorei. O Centro de Treinamentos eu não tinha noção que era de qualidade tão alta. Até agora estou a gostar muito, inclusive das pessoas que trabalham – pontuou Rafael Ramos.

- Por muito boa que sejam as instalações, o que me encantou mais foi a torcida do Corinthians, Foi incrível. Fique muito admirado. Mas não só as organizadas, mas o barulho e o ímpeto do estádio foram incríveis. E foi isso que me deixou mais admirado até agora – acrescentou o jogador.

Dentro de campo, Rafael Ramos sabe que enfrentará uma concorrência forte com Fagner, lateral da Seleção Brasileira na última Copa do Mundo, em 2018, e que é ídolo corintiano, clube no qual foi revelado e que está desde 2014, quando retornou ao Timão.

- Eu vim para trabalhar. Vou dar o meu máximo para poder ajudar o clube como eu puder e sempre que eu for chamado eu vou dar tudo lá dentro. É verdade que tem muitas competições, muitos jogos, e acho que por conta disso vai dar mais oportunidades para todos os jogadores. Acho que uma boa concorrência só é bom para o clube, para mim, e também para o Fagner e o João (Pedro) porque nos vai fazer trabalhar mais a cada dia e lutar pelo lugar.


João, por sua vez, não ficará no Corinthians. O jogador pertence ao Porto, de Portugal, está emprestado, e não será comprado em definitivo pelo clube do Parque São Jorge até junho, quando termina o período de empréstimo do jogador.

Regularizado na CBF, Ramos tem chances de estrear pelo Corinthians já neste sábado (16), contra o Avaí, na Neo Química Arena, pela segunda rodada do Brasileirão. Isso porque Fagner cumprirá o seu segundo jogo de suspensão, por conta da expulsão contra o Juventude, na última rodada do Brasileiro do ano passado. Como João Pedro não faz mais parte dos planos corintianos, a tendência é que o camisa 2 seja preterido na lateral pelo português.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários