Novo lateral do Corinthians fala sobre características em campo e cuidados físicos
Lance!
Novo lateral do Corinthians fala sobre características em campo e cuidados físicos


Apresentado pelo Corinthians nesta sexta-feira (15), o lateral-direito português Rafael Ramos falou sobre a sua forma de jogar.

O atleta estava no Santa Clara, de Portugal, e também tem passagens pelo futebol dos Estados Unidos, jogando pelo Orlando City, e Holanda, defendendo o Twente, e comentou que tem uma postura mais ofensiva, mas que nos últimos anos tem se atentado bastante quando aos trabalhos defensivos.

> TABELA - Confira e simule os jogos do Corinthians no Brasileirão
> GALERIA - Veja todos os técnicos estrangeiros que trabalharam no Timão


Além disso, Ramos, ao referir-se a si próprio, citou uma palavra de ordem para a nação corintiana: garra.

- Acho que sou um jogador rápido, forte defensivamente, mas sou até pouco mais ofensivo do que defensivo. Nos últimos anos aprimorei as minhas características defensivas. Sou muito aguerrido, tenho muita garra, as vezes até um pouco demais. Gosto muito de atacar, se subir, de fazer cruzamentos, dar assistências e ajudar a equipe no que for preciso – destacou o novo camisa 21 corintiano.

Quanto a parte física, Rafael admitiu que hoje, aos 27 anos, não cuida tanto quanto no início da carreira, mas procura ter uma alimentação balanceada para manter o corpo que definiu nos seus primeiros anos como profissional.

- Já fui, em tempos, mais cuidadoso. Quando era mais adolescente, estava começando no futebol profissional, eu adorava muito academia, e passava muito tempo na preparação física. Hoje tenho mais cuidado com a alimentação, mas é mais uma manutenção que faço. Não tenho feito muito trabalho físico ultimamente, mas continuo a manter o corpo que desenvolvi há anos. – disse Ramos.

O lateral-direito está bem fisicamente e com ritmo de jogo, já que a última partida dele foi apenas no último dia 4 de abril, pelo Santa Clara, contra o Porto, em Portugal. O atleta estava em fim de contrato com o time lusitano e foi liberado meses antes para acertar com o Timão.

E isso pode ser importante, porque sem Fagner, suspenso, e com João Pedro já tendo sido comunicado que será devolvido ao Porto após o fim do seu empréstimo, em junho, a tendência é que Rafael Ramos seja titular na escalação corintiana já neste sábado (16), às 19h, quando o clube do Parque São Jorge recebe o Avaí, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, em Itaquera.

A contratação de Rafael Ramos pelo Corinthians foi indicação do técnico Vítor Pereira. O atleta nunca trabalhou com o treinador, mas o conhece bem e se sentiu privilegiado duplamente com o pedido, somado ao fato de ser contratado por um clube com a expressão que o Timão possui.

- Muito conhecido em Portugal (Vítor Pereira), muito famoso no mundo inteiro. Fui campeão em Portugal antes de sair e, pessoalmente, não conheço. Mas falei com algumas pessoas que o conhecia e muita gente me falou bem. O que eu sei, de uma opinião geral, é que é um treinador muito rigoroso naquilo que é tática da equipe, e pede sempre atitude dos jogadores. Isso é o que eu conheço no geral – contou Rafael Ramos durante a sua apresentação.

- A pressão é só de jogar aqui no Corinthians. É um clube gigante, que está acostumado a ganhar e quer ganhar sempre. E por isso somente existe a pressão. O fato de vir pelo Vítor eu sinto que é um privilégio, porque é um treinador muito conhecido pessoalmente. Fico muito feliz e agradecido – acrescentou.

O Corinthians vem de duas vitórias consecutivas, contra Botafogo, pelo Brasileirão, e Deporitivo Cali, na Libertadores.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários