'Hoje o que nos faltou foi a competência', destacou Roger Machado
Futebol Latino
'Hoje o que nos faltou foi a competência', destacou Roger Machado


Na entrevista coletiva após a derrota por 1 a 0 do Grêmio diante da Chapecoense nesta sexta-feira (15), o técnico Roger Machado afirmou em entrevista coletiva que não enxergava o revés como dentro de um caráter de "injustiça".

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

Isso porque, para ele, é importante avaliar que a justiça do futebol está contida na capacidade de converter as oportunidades criadas em gols. Algo que, em sua análise, o Tricolor não teve "competência" para fazer:

- O futebol não é injusto. Se você cria quatro ou cinco oportunidades e não coloca a bola para o gol, e o adversário cria uma e coloca, há justiça no placar pela contundência. Hoje o que nos faltou foi a competência de empurrar a bola para o gol, que o adversário teve na sua única oportunidade.

Entretanto, a análise pensando no modelo de jogo que a equipe vem adotando mostra, em sua visão, o ponto positivo da capacidade de criar chances de finalização. Sendo o elemento de ajuste, na verdade, finalizar melhor quando as oportunidades surgirem.

- A dúvida que nós teríamos é se o modelo conseguiria promover o volume de jogo dentro de casa contra equipes que jogam retrancadas. Essa é a prova que a gente consegue. Nós geramos perigo de gol adversário. Acho que é um problema menor para ser solucionado, do que estarmos aqui falando das poucas e raras oportunidades que a gente não consegue construir. Trabalhar na semana as questões de finalizações dentro do modelo, entender como foram as oportunidades criadas e como foram as finalizações para recuperar esses pontos que deixamos em casa. Foram pontos preciosos - afirmou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários